Caminhada Cerest

PMA autua fazendeiro por construir represas ilegais

Por Assessoria de imprensa PMA13 ABR 2018 - 07h26min
PMA autua fazendeiro em R$ 10 mil por degradação de áreas protegidas de matas ciliares ao construir represas ilegaisFoto: Divulgação PMA

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Aparecida do Taboado realizou fiscalização em uma propriedade rural no município hoje (12) e localizou a construção de duas represas, barrando um córrego que corta a propriedade, tudo sem autorização do órgão ambiental competente.

O fazendeiro (60), residente em Aparecida do Taboado, havia construído uma represa com aterro de 100 metros, por 5 metros de largura e 2 de altura, que também servia de estrada e outra represa, com um aterro de 80 metros, por 3 metros de largura e 2 metros de altura, degradando as matas ciliares do curso d’água. As sangrias foram executadas com manilhas de concreto.

As atividades foram interditadas. O infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 10.000,00. O autuado também responderá por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente (APP). Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

O fazendeiro foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).

Deixe seu comentário

Leia Também

Modernização

Governo inicia implantação de sistema para integrar almoxarifados

Geral

Procon e Oi discutem melhorias no serviço de internet e telefonia

Policial

Adolescentes são apreendidas portando arma de fogo

Policial

Homem é preso por mostrar genitália em público

Meio Ambiente

Projeto de sensibilização turística é apresentado no Fórum do Pantanal

Imprudência

Irlandês perde parte da perna e fratura ossos em acidente na BR 262

Educação

Corumbá adere ao programa Parceria Votorantim pela Educação