Andorinha 70 anos

PMA autua fazendeiro por construir represas ilegais

Por Assessoria de imprensa PMA13 ABR 2018 - 07h26min
PMA autua fazendeiro em R$ 10 mil por degradação de áreas protegidas de matas ciliares ao construir represas ilegaisFoto: Divulgação PMA

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Aparecida do Taboado realizou fiscalização em uma propriedade rural no município hoje (12) e localizou a construção de duas represas, barrando um córrego que corta a propriedade, tudo sem autorização do órgão ambiental competente.

O fazendeiro (60), residente em Aparecida do Taboado, havia construído uma represa com aterro de 100 metros, por 5 metros de largura e 2 de altura, que também servia de estrada e outra represa, com um aterro de 80 metros, por 3 metros de largura e 2 metros de altura, degradando as matas ciliares do curso d’água. As sangrias foram executadas com manilhas de concreto.

As atividades foram interditadas. O infrator foi autuado administrativamente e multado em R$ 10.000,00. O autuado também responderá por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente (APP). Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

O fazendeiro foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental um plano de recuperação da área degradada e alterada (PRADA).

Deixe seu comentário

Leia Também

Imigrantes

Comissão dos refugiados haitianos vê situação periclitante em MS

Fronteira

Corumbá é a mais nova rota para haitianos

Economia

Preço da soja teve leve alta no mercado de MS em julho

Cidade

Prefeitura prorroga pagamento do IPTU; 1° vencimento será em 08 de agosto

Policial

Mulher acusa irmão e marido de estupro coletivo dentro de casa

Economia

Governo publica decreto que antecipa parcela do 13º para aposentados

Educação

Sesc Corumbá terá Café Literário e oficina de escrita criativa