Matrículas - Sesi

Pescadores ilegais fogem para território Paraguai após trocar tiro com a PMA

Por Gesiane Medeiros14 OUT 2017 - 08h56min
Infratores abandonaram rede com 17 quilos de peixe.Foto: Divulgação/PMA

Policiais Militares Ambientais trocaram tiros com pescadores ilegais, que realizavam pesca com apetrecho não permitido em local também proibido, nesta quinta-feira, 12 de outubro, na conhecida Corredeira Praia Grande no Rio Apa. Após o flagra e a troca de tiros, os infratores fugiram para território paraguaio abandonando redes de pesca e 17 quilos de pescado.

A ocorrência foi durante a operação Pesque Legal, realizada pela PMA, SEMAGRO e IMASUL, dentro da operação Pacificador 67 (PMMS), em combate à pesca predatória.

Os disparos iniciaram da arma de um dos infratores, que estava na mata, o objetivo era ganhar tempo para a fuga. Os Policiais revidaram com tiros de fuzil e os homens abandonaram a rede de pesca e fugiram pela mata em território Paraguaio. A rede e 17 kg de pescado que estavam em uma sacola foram apreendidos. Os peixes foram doados para a APAE de Bela Vista.

Durante a fiscalização nesta quinta e sexta (12 e 13), a equipe  PMA localizou e retirou do rio Apa, mais cinco redes de pesca e 30 anzóis de galho, que estavam armados no curso d’água. Os proprietários dos materiais ilegais não foram localizados.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Conexão Internacional

Voo direto entre Campo Grande e Paraguai começa funcionar

Capital

Caminhada em Campo Grande pede tolerância com diversidade religiosa

Internacional

Paraguai reconstitui hoje assassinato de jornalista na fronteira com MS

Oportunidade

Semana começa com 420 vagas em concursos e salários de até R$ 19,4 mil

Serviço

Ação Cidadania da Fiems encerra o ano com 36,9 mil atendimentos

Educação

Prova do IFMS reúne mais de 3,4 mil candidatos em dez municípios

Serviço

Em Corumbá, vereador cobra instalação de loja ou posto de atendimento da Oi