Menu
terça, 15 de outubro de 2019
Campanha Viajar Andorinha - Abraço
Mobile - Campanha Viajar Andorinha - Abraço
Geral

Pacientes têm ônibus, pousada e alimentação de graça para tratamento em Campo Grande

11 julho 2019 - 10h43Prefeitura de Corumbá

Pacientes que fazem tratamento na rede pública de saúde não precisam mais se preocupar com o transporte, estadia e alimentação para fazer consultas, exames ou qualquer tipo de procedimento médico na Capital do Estado. A Prefeitura de Corumbá, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, vem disponibilizando a estrutura necessária e até transporte para deslocamento em Campo Grande.

“No ano passado nós firmamos os novos convênios garantindo a melhoria dos serviços para os nossos pacientes”, explicou o prefeito Marcelo Iunes, que fez questão de humanizar e melhorar o serviço garantindo dignidade às pessoas que já estão fragilizadas devido aos problemas de saúde. Para o transporte, o contrato foi firmado com a Andorinha e prevê a utilização de ônibus em excelente estado para uma viagem segura e confortável.

A saída de Corumbá acontece de segunda-feira a quinta-feira, sempre às onze horas da noite, com chegada prevista em Campo Grande às cinco horas da manhã. “É só o paciente procurar a Central com o encaminhamento do médico que nós agilizamos o que for necessário”, garantiu a assistente social Kely Cristina Paná, coordenadora da Central de Regulação do Município, que fica na rua Tiradentes entre a América e a Cuiabá, e é conhecida como “Casa Verde”.

A pousada em Campo Grande, que serve de apoio aos pacientes, foi completamente reformada, uma das exigências para a assinatura do convênio com a Prefeitura de Corumbá, e hoje tem um ambiente limpo, arejado e seguro. Desde o café da manhã na chegada, são servidas três refeições, e quem precisa ficar na capital pode almoçar, jantar e dormir no local que é na área Central, com fácil acesso às clínicas e hospitais.

Uma Van leva os pacientes até os lugares onde eles farão o procedimento médico. O transporte de volta até a pousada também é feito de Van. Às cinco horas da tarde, quem vai retornar para Corumbá já tem o ônibus à disposição com chegada por volta da meia noite à Cidade Branca.

O suporte para que corumbaenses possam procurar por procedimentos que ainda não estão sendo disponibilizados em Corumbá, na Capital do Estado, vem ajudando a melhorar a saúde do povo da terra. É o caso de Lucimeire de Oliveira, que foi levar a filha recém-nascida para fazer exames no ouvido que não estaria respondendo ao estímulo. “A nossa esperança é que ela fique boa”, afirmou.

Dona Janete Silva da Cruz passou uns dias em Campo Grande onde operou da catarata de uma das vistas que já está boa. Voltou para fazer o procedimento no outro olho e elogiou o serviço. “Antigamente a gente tinha que parar na rodoviária antiga, agora tem esses aposentos, a gente chega tem como tomar café da manhã, almoçar, jantar, quem tem que retornar, retorna, quem não tem fica. Eu estou gostando de ver, está melhorando a nossa cidade de Corumbá”, afirmou ela.

Um caso emblemático é o de dona Ramina dos Santos, que durante um ano teve que ir para Campo Grande na segunda feira e passava a semana na Capital fazendo tratamento de um câncer de mama. Só voltava no fim de semana para ver a família. Dona Ramina contou com o suporte da Prefeitura para enfim, dar a boa notícia: “Estou curada, hoje eu me sinto curada, Graças a Deus”, comemorou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Educação
Deputado Evander solicita à SED cursos técnicos na Escola 2 de Setembro de Ladário
21 milhões de animais
Iagro define calendário de vacinação contra febre aftosa em Mato Grosso do Sul
Corumbá
Contrato prevê R$ 20,6 milhões em compensação ambiental por mineração
Balanço
Maternidade da Santa Casa faz 23 partos em 72 horas
Mérito
Dr. Manoel João, da Santa Casa de Corumbá, recebe homenagem da Assembleia Legislativa de MS
Ação Social
Bingo Solidário da Rede Feminina acontece neste sábado, dia 26
Evento
Fundação de Cultura MS lança Festival América do Sul nesta quarta, dia 16
Crime Ambiental
PMA e Ibama apertam cerco contra o tráfico de animais
Utilidade Pública
Bairros de Ladário podem ficar sem água mais uma vez
Geral
Senai de Campo Grande promove de 22 a 25 de outubro a 1ª Semana de Refrigeração

Mais Lidas

Aterrorizante
Madrasta é acusada de arrancar cabelos de menina de 7 anos em Campo Grande
Chacina
Três homens são assassinados com tiros na cabeça e tórax na região rural de Corumbá
Policial
Mulher usa faca para defender filhos de marido agressor
Tráfico de Drogas
Mulheres são flagradas com mais de 8 quilos de cocaína na fronteira Brasil/Bolívia