Andorinha - Compra antecipada

Mulher leva socos, chutes e é arrastada durante roubo a carro em Campo Grande

Por Campo Grande News13 MAR 2018 - 09h33min
Motorista reagiu e segurou a arma que um dos bandidos apontava para ela; o revólver quebrou porque era de brinquedoFoto: Midiamax

Mulher de 41 anos foi agredida a chutes e socos por bandidos armados com arma de brinquedo durante roubo de carro, por volta das 20h de ontem (12), na Avenida Prefeito Lúdio Martins Coelho, na região do Bairro Taveirópolis, em Campo Grande.

Conforme boletim de ocorrência, a vítima contou que conduzia o veículo pela via, quando parou para pedir informações foi surpreendida por três homens em um veículo de cor prata que freou bruscamente.

Os criminosos, então, desceram do carro e um deles com a arma em punho foi em direção a vítima exigindo que saísse do automóvel. Enquanto isso os outros comparsas passaram a empurrar e mandar ir embora a testemunha que passava informação à mulher.

Durante a ação, a vítima reagiu e segurou na arma do autor, que desmontou porque era de plástico. A mulher foi agredida a chutes e socos. O trio entrou no carro e arrancou. A vítima ainda tentou impedir o roubo, mas foi arrastada por alguns metros até cair no asfalto.

Ainda não há informação se os suspeitos foram presos e o veículo localizado. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Deixe seu comentário

Leia Também

Sócios do Pcc

Grupos terroristas lucram com contrabando e tráfico na fronteira

Contrabando

Grupo de repressão da Receita combate descaminho e pirataria em Corumbá

Operação Boas Festas

Em 24 horas equipes do 6º Batalhão e Polícia Militar prendem 7 indivíduos foragidos da justiça

Operação Boas Festas

Equipe do 6º Batalhão e Polícia Militar prende autores por tráfico de drogas

Política

Senador eleito é réu em ações de improbidade de mais de 2 bilhões de reais

Saúde

Programa Mais Médicos prorroga inscrições para formados no exterior

Diplomado

Governador recebe diploma para 2º mandato, cita conquistas e garante gestão eficiente até 2022