Matrículas - Sesi

MS 40 anos: Governo apresenta investimentos e melhorias em Corumbá

Por Portal do MS16 OUT 2017 - 10h10min

Uma das cidades mais antigas de MS, Corumbá enfrentou por anos problemas no fornecimento de água devido à falta de investimento em obras estruturantes para elevar a capacidade de captação de água do rio Paraguai. Com recursos de mais de R$ 85 milhões, por meio da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul), em parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), o Governo do Estado ampliou os sistemas de captação e bombeamento evitando colapso na distribuição.

Por meio da Sanesul, em parceria com a Funasa, o Governo do Estado ampliou os sistemas de captação e bombeamento evitando colaps na distribuição. Foto: Bolivar 

Os recursos foram empregados de modo a garantir que os 109899 corumbaenses – conforme estimativa do IBGE – tenham acesso a água potável e sistema de tratamento de esgoto. Além de atender a necessidade urgente da população, as intervenções proporcionam melhores condições para acolher os turistas da região.

Criada em 1778 como ponto de apoio militar, a Cidade Branca é repleta de belezas naturais e patrimônios históricos anteriores à criação de MS. Para melhorar sua infraestrutura urbana, tem recebido verba estadual para recapeamento de diversas vias, repassada à prefeitura por meio de convênio.

Somente no mês de setembro, foram anunciados R$ 43 milhões como contrapartida ao pacote de obras anunciado pela gestão municipal. Dois meses antes, em julho, o governador Reinaldo Azambuja inaugurou a reforma e ampliação da EE Indígena João Quirino de Carvalho, situada na aldeia Uberaba, na Iha Ínsua, no município, distante 350 quilômetros da área urbana e em região de difícil acesso.

Na área da Saúde, o Estado fará aporte para a prefeitura executar a construção do novo Pronto Socorro da Santa Casa de Corumbá, assim como para reformas e adequações na maternidade para reativação do centro obstétrico e abertura de 30 novos leitos de internação geral.

Outra obra emblemática é a implantação do acesso rodoviário ao distrito de Porto Esperança, situado na beira do rio Paraguai e abaixo da ponte da BR-262. Criado com a construção da ferrovia Santos-Corumbá no início do século 20, o distrito não possui nenhum acesso por terra, somente barco. Por meio da atuação estadual, será construída estrada de 12 quilômetros até a BR-262. A obra contará com parceria da mineradora Vale – que possui um porto no local – e irá ceder resíduos de minério para a base da estrada.

O governador também esteve em Corumbá para assistir à grande final do Campeonato Estadual de Futebol 2017, com a partida do Corumbaense contra o Novoperário. Além dos recursos (R$ 200 mil) destinados pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de MS (Fundesporte), ao projeto de revitalização do estádio Pedro Pedrossian (Morenão), por determinação do governador foram repassados ainda R$ 775 mil para os dez clubes que disputaram a primeira fase do campeonato, verba esta para pagamento de despesas, como deslocamento das delegações para as cidades. 

Na ocasião, ele falou da emoção de acompanhar a final numa cidade que tem uma forte paixão pelo seu clube e destacou o calor humano do corumbaense, “que sabe bem receber a todos e nos encanta com sua alegria”.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Estratégia

Fiscalização pode deixar passageiros da Siriema a pé

Transporte

Seriema não quebra monopólio e terá que atuar dentro da lei da fretagem

Alerta

Consumidor deve desconfiar de grandes descontos em Black Friday, diz Procon

Em pauta

Prefeito discute medidas para cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal

Evento

Interessados em participar das oficinas do VI Fegasa devem se inscrever até 28 de novembro

Internacional

América Latina joga 145 mil toneladas de lixo orgânico por dia em aterros

Política

Anthony Garotinho e Rosinha são presos no estado do Rio