Micareta

MS 40 anos: Governo apresenta investimentos e melhorias em Corumbá

Por Portal do MS16 OUT 2017 - 10h10min

Uma das cidades mais antigas de MS, Corumbá enfrentou por anos problemas no fornecimento de água devido à falta de investimento em obras estruturantes para elevar a capacidade de captação de água do rio Paraguai. Com recursos de mais de R$ 85 milhões, por meio da Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul), em parceria com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa), o Governo do Estado ampliou os sistemas de captação e bombeamento evitando colapso na distribuição.

Por meio da Sanesul, em parceria com a Funasa, o Governo do Estado ampliou os sistemas de captação e bombeamento evitando colaps na distribuição. Foto: Bolivar 

Os recursos foram empregados de modo a garantir que os 109899 corumbaenses – conforme estimativa do IBGE – tenham acesso a água potável e sistema de tratamento de esgoto. Além de atender a necessidade urgente da população, as intervenções proporcionam melhores condições para acolher os turistas da região.

Criada em 1778 como ponto de apoio militar, a Cidade Branca é repleta de belezas naturais e patrimônios históricos anteriores à criação de MS. Para melhorar sua infraestrutura urbana, tem recebido verba estadual para recapeamento de diversas vias, repassada à prefeitura por meio de convênio.

Somente no mês de setembro, foram anunciados R$ 43 milhões como contrapartida ao pacote de obras anunciado pela gestão municipal. Dois meses antes, em julho, o governador Reinaldo Azambuja inaugurou a reforma e ampliação da EE Indígena João Quirino de Carvalho, situada na aldeia Uberaba, na Iha Ínsua, no município, distante 350 quilômetros da área urbana e em região de difícil acesso.

Na área da Saúde, o Estado fará aporte para a prefeitura executar a construção do novo Pronto Socorro da Santa Casa de Corumbá, assim como para reformas e adequações na maternidade para reativação do centro obstétrico e abertura de 30 novos leitos de internação geral.

Outra obra emblemática é a implantação do acesso rodoviário ao distrito de Porto Esperança, situado na beira do rio Paraguai e abaixo da ponte da BR-262. Criado com a construção da ferrovia Santos-Corumbá no início do século 20, o distrito não possui nenhum acesso por terra, somente barco. Por meio da atuação estadual, será construída estrada de 12 quilômetros até a BR-262. A obra contará com parceria da mineradora Vale – que possui um porto no local – e irá ceder resíduos de minério para a base da estrada.

O governador também esteve em Corumbá para assistir à grande final do Campeonato Estadual de Futebol 2017, com a partida do Corumbaense contra o Novoperário. Além dos recursos (R$ 200 mil) destinados pelo Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de MS (Fundesporte), ao projeto de revitalização do estádio Pedro Pedrossian (Morenão), por determinação do governador foram repassados ainda R$ 775 mil para os dez clubes que disputaram a primeira fase do campeonato, verba esta para pagamento de despesas, como deslocamento das delegações para as cidades. 

Na ocasião, ele falou da emoção de acompanhar a final numa cidade que tem uma forte paixão pelo seu clube e destacou o calor humano do corumbaense, “que sabe bem receber a todos e nos encanta com sua alegria”.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Justiça

Semana de Execução termina com R$ 2,3 mi pagos aos trabalhadores em MS

Eleições 2018

Preparado para debate, Marcelo Bluma acredita na vitória

Policial

PMA desmonta acampamento de caça e apreende petrechos ilegais de pesca e arapuca

Eleições 2018

Odilon tem Plano de Ação para dar segurança e igualdade às mulheres

Pesca predatória

Polícia apreende veículo, motor de popa e pescado ilegal

Economia

Dólar abre em alta a R$ 4,05 e Bolsa de Valores opera em baixa

Policial

Homem é esfaqueado na cabeça e costas; autor não foi encontrado