Matrículas - Sesi

Missa em praça pública marca sétimo dia da morte de Ruiter Cunha

Por Assessoria PMC08 NOV 2017 - 11h00min

A missa de sétimo dia em homenagem ao prefeito Ruiter Cunha de Oliveira – morto no dia 1° de novembro – pode ser traduzida como um grande momento de lembrança, agradecimento e reconhecimento à dedicação de Ruiter à cidade e seu povo ao longo de suas três gestões a frente da Prefeitura de Corumbá. A celebração realizada na noite desta terça-feira, 07 de novembro, reuniu familiares, amigos e populares na praça Generoso Ponce, na avenida General Rondon.

Presidida pelo bispo diocesano de Corumbá Dom Segismundo Martinez Álvarez e concelebrada pelos padres Fábio Vieira, Jacinto Ortiz e Celso Ricardo da Silva, a missa começou com a chegada da imagem de Nossa Senhora da Candelária – padroeira de Corumbá – à estrutura montada na praça.

Missa foi celebrada na Praça Generoro ponce. Foto: Renê Márcio Carneiro/PMC

A imagem da padroeira foi carregada pelo prefeito Marcelo Iunes; por Rodrigo Cavassa (filho de Ruiter); Luiz Mário do Nascimento Cambará (diretor-presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá) e por Paulo Guilherme de Arruda (diretor-executivo da Agetrat). A ‘Marcha a Corumbá’, que se tornou o Hino de Corumbá por determinação da Lei Municipal 1.979/2007, durante a primeira gestão de Ruiter Cunha de Oliveira, foi executada pelo Coral Cidade Branca.

Ao lado dos filhos (Rodrigo e Rafaela), a ex-primeira-dama e secretária especial de Cidadania e Direitos Humanos, Beatriz Cavassa de Oliveira, agradeceu as manifestações de carinho da população dizendo que cada gesto foi importante para o marido e toda a família. Mais cedo, na missa celebrada durante a tarde no Santuário Nossa Senhora dos Remédios, em Ladário, Beatriz disse que Ruiter foi um homem “simples” que viveu “na simplicidade” e que deixou marcado “algo de bom” na vida de muita gente.

O prefeito Marcelo Iunes reforçou o compromisso de dar sequência aos projetos iniciados por Ruiter em sua terceira gestão e destacou o carinho do povo corumbaense com o prefeito, falecido aos 53 anos, em Campo Grande, após passar por uma cirurgia cardíaca de emergência devido a uma dissecção aguda da aorta. Para Iunes, esse carinho demonstrado pela população dá mais força para que possa “cumprir os compromissos” em prol do “desenvolvimento de Corumbá e do bem-estar dos munícipes".

Três momentos de forte emoção marcaram a missa. O primeiro deles foi protagonizado pelo radialista Jonas de Lima ao ler um texto que descrevendo a sensibilidade, a dedicação, o trabalho, e o amor que Ruiter tinha por Corumbá e seu povo.

Em certo trecho, a mensagem dizia: “Este homem – que nos acostumamos a chamar de amigo, irmão, líder, companheiro de jornada, prefeito, gente da gente, alcalde, ou simplesmente ruiter – colocou na vida todo o coração que possuía: distribuiu alegria, inspirou poesia, construiu esperança, compartilhou sensibilidade (...) Com a intensidade de um coração maior que o mundo – transbordando de inquietude pelo bem dos que mais carecem, e de contentamento pelas conquistas de seu povo –, ele dedicou a vida à grande batalha da paz: construir, reconstruir, zelar, dialogar, unir, reunir, apaziguar, perdoar, amar...”.

Outro momento aconteceu quando telões trouxeram imagens e ações de Ruiter Cunha ao longo dos três mandatos na Prefeitura de Corumbá. Por fim, representantes do programa “Povo das Águas”, que teve início em 2009 durante a segunda gestão de Ruiter Cunha de Oliveira, deram um afetuoso abraço de agradecimento à família enlutada. 

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Combate ao tráfico

Polícia Civil estoura ‘boca’ no Loteamento Pantanal

Procon

Empresas são autuadas por impedirem reserva de passagens interestaduais gratuitas

Emprego

Mercado de Trabalho de MS inicia recuperação e gera mais de 700 vagas em outubro

Educação

IFMS divulga gabarito do Exame de Seleção para os cursos técnicos

Brasil

Presídios terão banco de dados sobre situação de detentos

Concorrência

Ônibus vai operar de Corumbá para Capital com fretagem a R$ 140 ida e volta

Segurança

Receita doa câmeras ao Município e amplia videomonitoramento na fronteira