Menu
sexta, 22 de novembro de 2019
Campanha Viajar Andorinha - Saudade
Mobile - Campanha Viajar Andorinha - Felicidade
Geral

Ministério da Saúde, SES e Sesau realizam vistoria técnica na Unidade do Trauma

13 fevereiro 2019 - 09h36Portal do MS

Nessa terça-feira (11.2), técnicos do Ministério da Saúde, Secretaria de Estado de Saúde (SES) e Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) realizaram vistoria na Unidade do Trauma, com objetivo de avaliar os custos de funcionamento para a elaboração do Plano Operativo. Desde o início de setembro do ano passado, o local começou a funcionar de forma gradual.

O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, destacou que o objetivo é fazer a Unidade do Trauma funcionar em sua plenitude. “Precisamos resolver esse impasse que já vem se arrastando a mais de um ano. Esperamos que com a visita técnica o Ministério da Saúde possa aportar os recursos que havia se comprometido”, disse.

O Plano Operativo é necessário para que ocorra a pactuação entre o Ministério da Saúde, SES, Sesau e Associação Beneficente de Campo Grande – Santa Casa para que ocorra o repasse de recursos para o funcionamento da Unidade.

Os representantes do Ministério da Saúde são ligados à Coordenação Geral de Atenção Hospitalar, responsável por avaliar as unidades habilitadas referentes a custeio e produção. Na segunda-feira (11.2), foi realizado o levantamento sobre a produção da Unidade do Trauma e outras unidades habilitadas da Santa Casa.

Ontem, os técnicos realizaram vistoria na Unidade do Trauma e unidades habilitadas para averiguar necessidade de custeio do hospital. Logo após, ocorreu reunião entre o Ministério da Saúde, Prefeitura e Governo do Estado para o alinhamento da proposta para o Plano Operativo.

Com mais de 6.600 metros quadrados de área construída, o local tem 100 leitos de internação, 10 leitos de UTI, 5 salas cirúrgicas, 2 salas para cirurgia de pequeno porte, 1 sala de fisioterapia, 1 sala de reabilitação, 3 salas de observação com 15 leitos, 2 salas de raio X, 1 sala de tomografia, 2 salas de odontologia, 3 consultórios e 1 sala de emergência.

Em 2016, após o Governo do Estado retomar a obra, em parceria com o Governo Federal e Prefeitura, houve um aporte para a unidade no valor de R$ 8,4 milhões, recursos empregados pelo Governo do Estado no valor de R$ 1,6 milhão, Ministério da Saúde com R$ 2,5 milhões, Prefeitura de Campo Grande com R$ 3,2 milhões e Associação Beneficente de Campo Grande com R$ 890 mil. A Santa Casa também investiu mais R$ 4 milhões para readequar o projeto estrutural inicial da Unidade, de onde foram refeitos dois mil metros quadrados, conforme exigências da Vigilância Sanitária.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ponta Porã
Queda de helicóptero feriu 15 na fronteira com Paraguai e destruiu fábrica com incêndio
Solidariedade
Campanha de Natal do TJMS tem presentes a partir de R$ 50
Economia
Novos empreendimentos colocam o Estado em posição de destaque na abertura de vagas
Educação
Escolas Cívico-Militares terão bombeiros e policiais em 2020
Dados Caged
Geração de empregos dobra em um ano em Mato Grosso do Sul
Até R$ 500
Saque imediato do FGTS para nascidos em junho e julho começa hoje
Utilidade Pública
Cadastro para castração gratuita de cães e gatos em Ladário vai até 29 de Novembro
Falta de água
Bairros de Ladário podem ficar sem água nesta sexta-feira (22)
Geral
Moinho Cultural é finalista em programa de mentoria da Ambev
Resultado Positivo
Índice Geral de Desempenho Industrial de MS completa 17 meses acima dos 50 pontos

Mais Lidas

Transporte
Uber começa a operar em Corumbá e Três Lagoas nesta quinta-feira (21)
Não às Drogas
Jovens estudantes fazem caminhada contra as drogas no centro de Corumbá
De olho
Justiça Federal aceita denúncia e cinco tornam-se réus por fraudarem licitação de mais de R$ 2 milhões
Dinheiro era destinado para alimentação hospitalar. Um dos réus é ex-secretário de Saúde de Dourados
Oportunidade
Nova legislação deve aumentar as vagas de trabalho temporário em 2019