Governo - Doação de Sangue

Mato Grosso do Sul é o terceiro no País em posse, uso e tráfico de drogas

Por Correio do Estado30 OUT 2017 - 10h04min

Maior corredor de drogas da América do Sul, localizado entre as fronteiras com a Bolívia e o Paraguai, Mato Grosso do Sul é o terceiro estado brasileiro na incidência de posse, uso e tráfico de drogas. A média é de 117 casos para cada 100 mil habitantes, atrás apenas do Espírito Santo e Minas Gerais, respectivamente o primeiro e o segundo lugar, com 129 e 122 ocorrências para a mesma proporção.

Grandes quantidades de drogas são apreendidas frequentemente no Estado. Foto: Divulgação

Os números foram apresentados no 11º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado nesta segunda-feira pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, e remetem a dados coletados em 2016. De acordo com a Secretaria Estadual de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), foram registrados desde o início de 2017, 762 boletins de ocorrência envolvendo crimes relacionados com o tráfico de drogas, o que leva a um total de 2,5 casos por dia.

Conforme o anuário, o número geral de ocorrências em todo o País caiu 6%. Somente ao que se refere a uso e posse de entorpecentes, os números reduziram de 140.313 em 2015, para 128.306 em 2016. Segundo Rafael Alcadipani, pesquisador do Fórum, a queda está relacionada à mudança na percepção do consumo. "Na prática cotidiana brasileira, a maconha foi legalizada. Para o policial, não vale a pena levar uma pessoa para a delegacia por uso e posse", disse ele em entrevista à Folha de São Paulo.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Policial

Homem tranca mulher e filhos em casa, tenta incendiar o local e acaba preso

Saúde

Corumbá terá 16 postos no Dia D da vacinação contra a poliomielite e sarampo

Policial

Após perder irmão em ataque, jovem continua internado com bala alojada na cabeça

Economia

Inflação recua em quatro das sete capitais pesquisadas pela FGV

Educação

Escola da Rede Municipal lança projeto “Ninho de Leitura”

Poder Legislativo

Câmara de Vereadores comemora 146 anos de instalação, a quarta mais antiga do Brasil

Educação

Senai dá continuidade às formaturas coletivas e certifica mais 656 novos profissionais