Andorinha

Lideranças tentam 'pacto político' para eleger deputados por Corumbá

Por Sylma Lima11 AGO 2017 - 11h14min

Apesar de não ter nomes oficializados para disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul nas eleições de 2018, prefeito e vereadores tentam fazer o ‘pacto político’ com objetivo de eliminar candidatos que não possuem expressão ou representatividade em Corumbá. Alguns arriscam palpites, contudo, os nomes oferecidos à apreciação popular, não passam de meras especulações. Para colocar a estratégia em ação as lideranças dos dois poderes se reuniram com a imprensa, nesta manhã de sexta-feira,11, no plenário da Câmara Municipal.

Lideranças estão na briga para eliminar candidatos de fora em 2018. Foto: Sylma Lima

O debate girou em torno da importância da cidade ter um representante na Capital para buscar emendas de bancada e favorecer o município com maior entrosamento politico, como já aconteceu durante o mandato do então prefeito Paulo Duarte (PT), que com ajuda do ex governador peemedebista Andre Puccinelli, beneficiaram Corumbá com estações de tratamento de esgoto, galerias e obras de saneamento, além da construção de mais de 1200 unidades habitacionais , UPA Guató entre outras obras de relevância para o município. Na verdade o ‘pacto’ tem objetivo de eliminar candidaturas ‘nanicas’ pautadas na arrecadação monetária , com renuncia na reta final do pleito.

Esse mesmo ‘pacto’ foi feito em outras épocas, mas não funcionou devido aos interesses partidários, entretanto, é importante salientar a disposição do atual presidente do legislativo corumbaense, vereador Evander Vendramini (PP), em levantar a bandeira enfatizando a importância do acordo se consolidar de fato, “estamos esquecidos e dependentes de favores de políticos de outros municípios, e bem menores que o nosso, porque até Miranda consegue eleger deputado, menos Corumbá que possui mais de 60 mil eleitores e poderia eleger dois se unissem esforços em torno de um só nome”

Irailton (Baianinho) foi um dos que apoiaram a idéia em favor do povo.

Para o vereador Irailton Santana (PSDB), o Baianinho, que recentemente teve o mandato cassado e recorreu da decisão na justiça, o pacto é justo e deveria ser levado a sério, “ contrariando interesses pessoais, e levando em conta o bem estar da população. Somos representantes do povo e devemos lutar por melhores condições de vida da nossa comunidade” .

Roberto Façanha (PMDB) desabafou indignado pela falta de maturidade politica na região pantaneira, “ na eleição passada, éramos para ter dois deputados estaduais eleitos, eu apoiei o vereador Marcelo Iunes e sempre coloquei que Corumbá precisava do Ruiter, se tivéssemos dois deputados, hoje, estaríamos tranquilos com dois parlamentares. Essa coordenação tem que começar com a gente, pensando que o candidato da terra é quem vai olhar por nós e fazer um trabalho brilhante. Não pode haver contradição, temos que cumprir com o que falamos. Desde de 1988 apoio somente candidatos de Corumbá. Precisamos assumir esse compromisso para que no próximo ano sejam eleitos candidatos da nossa terra”

O veterano Roberto Façanha (PMDB) disse que não vai apoiar candidato de fora. Fotos: Sylma Lima

Apesar dos esforços dos parlamentares vai ser preciso muito mais que um pacto entre os poderes, mas um entendimento com a comunidade com o lançamento de uma candidatura, cujo nome, tenha empatia popular, caso contrario, novamente candidatos de fora estarão na cidade abocanhando grossas fatias do eleitorado corumbaense, “ como tem feito há muitos anos. E pior que não eleger dois é não eleger nenhum”, concluiu Tadeu Vieira (PDT).

Encontro reuniu imprensa para consolidar apoio à causa. Foto: Sylma Lima

 

 

 

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Evento

Ladário sorteia barracas para a praça de alimentação do aniversário da cidade nesta sexta

3° Simpósio Repronutri

Sanidade animal é tema de palestra na UCDB

Cultura

Sesc Corumbá tem contação e cineminha para a criançada

Polícia

Dupla armada é impedida pela PM de roubar "radinho"

Polícia

Dupla é presa após furtar objetos de hotel na Avenida rio Branco

Polícia

Foragido tenta escapar de prisão dando nome falso em abordagem policial

Negociação

Governador discute integração de MS e Paraguai com embaixador e presidente da Fiems