Andorinha

Justiça mantém prisão de ladrão que matou universitário em Campo Grande

Por Midiamax14 JUN 2018 - 13h29min

A Justiça manteve a prisão de João Victor Gomes Costa, de 20 anos, acusado de matar o militar da Aeronáutica  Rafael Lucas Soares, 23, na noite de terça-feira (12). João foi preso duas horas depois de cometer o crime na casa da namorada

Durante a audiência de custódia nesta quinta-feira (14), foi mantida a prisão de João Victor que foi encaminhado para uma unidade prisional. O militar foi morto por dois tiros que atingira o abdômen e a perna.

Em depoimento após sua prisão, João disse que “estava no direito de atirar” no soldado para se defender, pois a vítima reagiu ao assalto. Antes de matar o militar, o suspeito fazia um arrastão no bairro e já tinha roubado quatro celulares de moradores.

O crime

Rafael Lucas Soares foi assassinado quando esperava em ponto de ônibus em frente à casa onde morava, na Rua Bacabá, para ir à faculdade onde faria uma prova. Ele foi abordado por João, que estava em uma moto Honda Titan vermelha e anunciou o assalto.

O militar reagiu, momento em que foi atingido por dois tiros no abdômen e perna. O Corpo de Bombeiros e Samu (Serviço de Atendimento Móvel) foram acionados, porém o rapaz morreu no local.

O assaltante fugiu correndo a pé e deixou a moto e o celular no

Deixe seu comentário

Leia Também

Crimes Fronteiriços

Veículo Bolíviano será apreendido se não pagar multa

Justiça

Quatro servidores estaduais tornam-se réus em ação penal no STJ

Reconhecimento

Câmara homenageia defensores públicos com título de Cidadão Corumbaense

Educação

Prefeito convoca 50 técnicos de educação infantil aprovados em concurso

Educação

Inep divulga resultado do Enem 2018

Loteria

Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 33 milhões

Justiça

Prefeitura reconhece dívida de R$ 40 mil com a Amapil Táxi Aéreo