Menu
quarta, 22 de maio de 2019
Andorinha - Viaje para Campo Grande com a Andorinha
Andorinha - Viaje para Campo Grande com a Andorinha
Geral

Indústrias de MS iniciam 2019 com saldo positivo na geração de empregos

14 março 2019 - 07h57Fiems

O setor industrial de Mato Grosso do Sul, que é composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, inicia 2019 com saldo positivo de 321 novos postos de trabalho, resultante de 4.844 contratações e 4.523 demissões, conforme levantamento do Radar Industrial da Fiems.

Segundo o coordenador da Unidade de Economia, Estudos e Pesquisas da Fiems, Ezequiel Resende, nos últimos 12 meses, o saldo do setor continua positivo, com a criação de 299 novos postos de trabalho, fruto de 56.766 contratações e 56.467 demissões.

Em janeiro, os maiores saldos positivos foram registrados para os segmentos da indústria da construção (+346), de alimentos e bebidas (+69), mecânica (+64) e da borracha, couros, peles e similares (+46), enquanto nos últimos 12 meses os maiores saldos positivos foram nas indústrias de alimentos e bebidas (+711), mecânica (+246), metalúrgica (+145), extrativa mineral (+145) e madeira e mobiliário (+140).

“O conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou janeiro de 2019 com 121.348 trabalhadores empregados, indicando elevação de 0,27% em relação ao mês anterior, quando o contingente ficou em 121.027 funcionários”, detalhou Ezequiel Resende.

Atualmente a atividade industrial responde por 18,9% de todo o emprego formal existente em Mato Grosso do Sul, ficando atrás dos setores de serviços (189.781 trabalhadores), com participação equivalente a 29,5%, administração pública (133.909 empregados), com participação de 20,8%, e comércio (126.815 comerciários), com participação de 19,7%.

Detalhamento

Em Mato Grosso do Sul, o mês de janeiro teve 93 atividades industriais com saldo positivo de contratação, proporcionando a abertura de 1.069 vagas, com destaque para abate de reses, exceto suínos (+124), obras de engenharia civil não especificadas (+106), obras de terraplenagem (+74), construção de edifícios (+73), serviços especializados para construção não especificados anteriormente (+48) e fabricação de estruturas metálicas (+44).

Por outro lado, 67 atividades industriais apresentaram saldo negativo em Mato Grosso do Sul, provocando o fechamento de 748 vagas, com destaque para fabricação de álcool (-263), fabricação de açúcar em bruto (-101), construção de rodovias e ferrovias (-46) e fabricação de adubos e fertilizantes (-37).

Em relação aos municípios, constata-se que em 33 deles as atividades industriais registraram saldo positivo de contratação em janeiro de 2019, com destaque para Campo Grande (+316), Coxim (+122), Naviraí (+105), Aparecida do Taboado (+53), Corumbá (+52), Paranaíba (+49), Nova Andradina (+42) e Água Clara (+30).

No entanto, em outros 33 municípios as atividades industriais registraram saldo negativo, sobressaindo as cidades de Fátima do Sul (-118), Dourados (-102), Eldorado (-88) e Sidrolândia (-42).

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ação social
Sanesul distribui cobertores na Campanha do Agasalho em Campo Grande
Capacitação
Senai oferece consultoria em plano de manutenção e operação de ar condicionado
Policial
Polícia Militar frustra furto e recupera objeto antes da vítima perceber o fato
Educação
Unicamp destina duas vagas da graduação para medalhistas da Olimpíada de História
Edital de “Vagas Olímpicas” prevê duas vagas no curso de graduação em História; participantes da ONHB deverão declarar interesse até dia 17 de junho
Mineração
Empresas esclarecem riscos e ações preventivas nas barragens de Corumbá e Ladário
Policial
Foragido é capturado pela PM na área central
Crime ambiental
PMA autua paranaense por armazenamento de madeira ilegal
Geral
Peão é pisoteado por cavalo durante lida no campo na Nhecolândia
O homem de 44 anos precisou ser resgatado pelo helicóptero da Marinha devido a gravidade dos ferimentos
Acidente de transito
Ciclista vai parar no hospital após ser atropelado no bairro Universitário
Consumidor
Vereador pede apoio de deputado para fim da tarifa básica do consumo de água

Mais Lidas

Cota Zero
Empresários realizam encontro da pesca no Pantanal em apoio a cota zero
Saúde
Prefeitura libera construção de posto de saúde e licitação para escola em São Gabriel
Trânsito
Aulão do Maio Amarelo leva mensagem de trânsito de forma descontraída
Educação
Depois da Educação, Longen prevê novos cortes se Reforma da Previdência não for aprovada