Matrículas - Sesi

Governo veta cobrança de tornozeleiras e alerta que já há projeto em trâmite

Por Campo Grande News10 NOV 2017 - 11h22min
Proposta foi apresentada na Assembleia Legislativa de MS pelo deputado Carlos Alberto David dos Santos (PSC).Foto: Alcides Neto/Arquivo

O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), vetou o projeto de lei que determinaria aos presos o pagamento de custos mensais das tornozeleiras eletrônicas. A proibição foi divulgada no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (10).

Conforme o documento, a proposta é inconstitucional, pois somente o governo federal poderia legislar sobre o assunto. Além disso, o Executivo lembrou que existe uma proposta "com tema idêntico" que já foi apresentada no Senado pelo senador Paulo Bauer (PSDB/SC).

"Destaca-se, portanto, que a discussão sobre o ressarcimento de monitoração eletrônica pelo condenado, em âmbito federal, já está avançada, e a mencionada proposta já foi aprovada pelo Senado Federal". 

A medida agora está atualmente na Câmara dos Deputados, prestes a ser submetido à revisão e, posteriormente, enviado à sanção ou promulgação, se for aprovada.

Já o projeto vetado hoje é do deputado estadual Carlos Alberto David dos Santos, o Coronel David (PSC).

Quando apresentou o projeto, o parlamentar citou que MS tem 15.639 presos sob custódia, dos quais 120 utilizam o monitoramento eletrônico. Segundo o CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o valor do dispositivo varia entre R$ 240,00 e R$ 600,00 por mês. Já o custo para manter o detento no Sistema Penitenciário é de R$ 1,8 mil mensais.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Política

No Ministério do Turismo, prefeito discute liberação de verbas para distrito turístico

Serviço

CAC fica aberto até às 19 horas de hoje para adesão ao REFIC

Fuga

Interno não consegue entrar com celular e foge do semiaberto

Serviço

Testes na nova ETA de Ladário pode causar falta de água até sábado (25)

Otimismo

Aumenta vagas de emprego no comércio de MS

Comunicado

Prorrogada publicação dos classificados no processo seletivo da Fundtur

Educação

Governo finaliza compra de uniformes, kits e merenda escolar para 2018