Andorinha - site novo

Governo convoca 1,5 mil candidatos para segunda fase do concurso de Agente de Polícia Judiciária

Por Portal do MS19 OUT 2017 - 10h34min
Segunda fase é composta por avaliação médico-odontológica e será realizada de 6 a 12 de novembro.Foto: David Majella

Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (19.10) traz a convocação de 1589 candidatos classificados na primeira fase do concurso da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul para a função de Agente de Polícia Judiciária, para realizar a avaliação médico-odontológica.

Do total de convocados, 1158 candidatos concorrem às 80 vagas de escrivão, e 431 candidatos que concorrem as 100 vagas de investigador. A avaliação médico-odontológica será realizada de 6 a 12 de novembro na Academia de Polícia Civil Delegado Julio Cesar da Fonte Nogueira (Acadepol) com endereço na rua Delegado Osmar de Camargo, s/n, Bloco XV, Parque dos Poderes.

O período para impressão e pagamento do boleto referente à taxa da avaliação médico-odontológica será das 8 horas, do dia 19 de outubro, até às 17 horas de 24 de outubro (horário de MS) na área do candidato no site da Fundação de Apoio a Pesquisa, ao Ensino e a Cultura de MS (Fapems). Após pagamento da guia o candidato deverá agendar o melhor horário de 6 a 12 de novembro, data em que serão avaliados e deverão apresentar resultados dos 17 exames listados no edital.

De acordo com o secretário de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis, os candidatos aprovados para as duas funções – escrivão e investigador – deverão apresentar somente uma via original dos exames solicitados. “É a primeira vez que o Estado realiza um concurso neste formato, onde o candidato teve a oportunidade de concorrer para mais de um cargo. Temos aproximadamente 130 candidatos que foram aprovados para as duas funções de agente de polícia. Nesses casos específicos, o candidato pagará somente uma guia e uma só avaliação servirá para que o candidato prossiga na concorrência pelas duas vagas” destaca Assis.

A avaliação médico-odontológica possui caráter eliminatório, e todos os exames e laudos deverão ter obrigatoriamente o nome do candidato. Serão eliminados do concurso: candidatos que forem considerados inaptos para o exercício da função; que não comparecerem na data e horário previstos; que não entregarem todos os exames; ou que não cumprirem os procedimentos estabelecidos em edital.

A publicação completa pode ser conferida a partir da página 2.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Entrevista

Corumbaense faz sucesso na moda e no empreendedorismo

Protesto

Comunicado sobre o funcionamento do TRT/MS durante a greve dos caminhoneiros

Abigeato

PMA prende dois homens por furto de gado em fazenda

Reabastecimento

Exercito e PRF escoltam caminhões tanques para abastecer postos em Corumbá

Fogo

Por causa de um cigarro homem perde parte da casa em incêndio

Tentativa de homicídio

Casal é esfaqueado no interior de boate esta madrugada

Greve

Presidente da Câmara apoia movimento dos caminhoneiros