Andorinha

Garota de 11 anos denuncia padrasto após 2 anos de estupros dentro de casa

Por Midiamax17 MAI 2018 - 11h18min
Menina seria estuprada desde os 9 anosFoto: Midiamax

Foram necessários dois anos para que uma criança de 11 anos vencesse o medo e denunciasse a violência sexual que vinha sofrendo do seu padrasto de 35 anos. Na última semana, a criança contou à avó de 75 anos que o marido de sua mãe a estuprava toda vez que ela a visitava.

O homem ameaçava a criança de morte para que ela não revelasse os abusos. Os abusos aconteceram por aproximadamente dois anos.

Na noite de terça-feira (15/5), a avó de 75 anos procurou a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados, a 225 quilômetros de Campo Grande. O caso será investigado pela DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher).

A vítima contou que a violência começou quando ela tinha 9 anos e acontecia sempre que a menina ficava sozinha com o padrasto.

Ainda segundo o relato feito à polícia, a vítima era obrigada a diversas práticas sexuais com o padrasto.

De acordo com o site Dourados News, a criança sempre era ameaçada pelo padrasto de 35 anos para não contar o que acontecia a ninguém.

Deixe seu comentário

Leia Também

Crimes Fronteiriços

Veículo Bolíviano será apreendido se não pagar multa

Justiça

Quatro servidores estaduais tornam-se réus em ação penal no STJ

Reconhecimento

Câmara homenageia defensores públicos com título de Cidadão Corumbaense

Educação

Prefeito convoca 50 técnicos de educação infantil aprovados em concurso

Educação

Inep divulga resultado do Enem 2018

Loteria

Mega-Sena acumula e prêmio pode chegar a R$ 33 milhões

Justiça

Prefeitura reconhece dívida de R$ 40 mil com a Amapil Táxi Aéreo