Andorinha

Evander solicita estudos para disciplinar o trânsito na Avenida Rio Branco

Por Assessoria12 AGO 2017 - 08h15min
Vereador solicita melhor sinalização em trecho da Rio Branco.Foto: Divulgação/Câmara

O intenso tráfego na Avenida Rio Branco, principalmente na região entre as ruas Cáceres e Albuquerque, tem preocupado os moradores e motoristas que trafegam pela via. O principal problema é que, a partir da instalação de um supermercado na região, o fluxo de veículos e pessoas aumentou substancialmente e o trânsito ficou inseguro.

Diante disso, o vereador e presidente da Câmara de Corumbá, Evander Vendramini (PP), solicitou à Prefeitura, por meio da Agência Municipal de Trânsito e Transportes (Agetrat), que sejam feitos estudos no sentido de disciplinar o trânsito na Rio Branco e vias paralelas, inclusive com implantação de aparelhos para garantir a segurança principalmente dos pedestres.

“A Avenida Rio Branco sempre foi uma via com intenso fluxo de veículos. É a principal ligação Corumbá – Ladário. Cresceu mais ainda a partir da instalação de um supermercado já próximo à Rua Albuquerque, aumentando ainda mais o tráfego de pessoas no trecho”, citou o vereador.

Diante disso, para evitar ocorrências graves, o vereador solicitou que sejam feitos estudos visando a implantação de um semáforo no cruzamento da Rio Branco com a Barão de Melgaço, ou mesmo uma rotatória, para reduzir a velocidade dos veículos, além de uma faixa elevada de pedestre em frente ao supermercado, para dar maior segurança à população. “Isto faria com que os veículos trafegassem em uma velocidade compatível, principalmente no trecho entre a Cáceres e Albuquerque”, concluiu.

Pavimentação
À Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos da Prefeitura, Evander solicitou drenagem e pavimentação asfáltica da Rua Ladário, entre as ruas Minas Gerais e Paraná, no Bairro Cristo Redentor. Segundo ele, em períodos de chuva, a rua fica alagada, dificultando a vida dos moradores, condutores de veículos e servindo para focos de doenças, entre elas a dengue. Outro problema é a poeira, durante a seca, que causa problemas de saúde em crianças e idosos, principalmente.

Solicitou ainda drenagem e pavimentação da Rua Paraná, no Cristo, na região do Centro de Educação Infantil Professora Eunice Ajala Rocha. A rua está em má conservação e isto prejudica o acesso à unidade escolar, e quem tem que transitar pelo local.

Escadinha
Também à Secretaria de Infraestrutura, atendendo pedido de alunos de academias, praticantes de atividades físicas, atletas, entre outros, o vereador está solicitando a recuperação e abertura da Escadinha da Quinze de Novembro, no cruzamento da Avenida General Rondon com a Rua Quinze de Novembro. Ele informa que o espaço era bastante frequentado por pessoas que realizavam exercícios naquele espaço, considerados importantes para maior agilidade, coordenação e benefícios à saúde.

A Escadinha está interditada já há algum tempo e, além da falta desse espaço para prática esportiva, a população também é prejudicada, já que é uma das principais ligações da parte alta do centro, com a região o Porto Geral.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Economia

Emprego temporário de fim de ano é oportunidade de contrato definitivo

Economia

Expectativa de crescimento favorece criação de empregos temporários no Natal

Direito

Justiça concede custeio para tratamento de crianças com fissura labiopalatal

Código Florestal

Curso aborda usos de espécies do Pantanal e Cerrado para a recuperação ambiental

Emprego

Governo divulga lista dos selecionados para atuar no Instituto de Identificação

Destaque

Rede Estadual representa MS em quatro categorias do Prêmio Professores do Brasil

Presidência

Michel Temer visita Pantanal para participar do II Encontro Carta Caiman