Andorinha

Encerrada nesta sexta Operação Ágata no Pantanal

Por Sylma Lima10 NOV 2018 - 09h23min
Até a tarde desta sexta feira,9, militares fizeram varredura na FronteiraFoto: Divulgação

No período de 6 a 9 de novembro, coube ao Comando do 6° Distrito Naval coordenar as ações da Operação ÁGATA PANTANAL VI, na faixa de fronteira oeste,contando com a participação de unidades do Comando Militar do Oeste e apoio dos Órgãos de Segurança Pública e Fiscalização (OSPF), tais como Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Receita Federal, Polícia Militar do Mato Grosso do Sul, Polícia Militar Ambiental e Força Nacional de Segurança.

A Operação ÁGATA, coordenada pelo Ministério da Defesa, consiste em uma Operação Conjunta das Forças Armadas, com apoio dos OSPF federais e estaduais, visando intensificar a presença do Estado nas regiões da faixa de fronteira e fortalecer a prevenção, o controle, a fiscalização e a repressão aos delitos transfronteiriços, tais como o tráfico de pessoas, drogas, armas e munições, bem como os crimes ambientais.

A Marinha do Brasil empregou o Navio-Transporte Fluvial Almirante Leverger, uma aeronave esquilo, militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário-MS e da Agência Fluvial de Porto Murtinho e uma lancha da Capitania Fluvial do Pantanal. O Exército Brasileiro atuou com militares das Unidades da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, dos Pelotões Especiais de Fronteira (PEF) e com meios especiais recebidos do Comando Militar do Oeste, como helicópteros (Pantera e Fennec). No total, foram mobilizados cerca de 550 militares.

Além desses meios, houve a presença de um cão farejador e a imprescindível integração e colaboração dos OSPF, que atuaram sinergicamente com os militares das Forças Armadas. Durante a Operação ÁGATA foram realizadas operações preventivas e repressivas pontuais, tais como patrulhamentos terrestres e fluviais; estabelecimento de postos de bloqueio e controle de estradas e de vias fluviais; revista em veículos e em embarcações e intensificação da fiscalização de produtos controlados. Todas as ações foram pautadas no trabalho integrado de inteligência e no rigoroso respeito aos diplomas legais.

No decorrer da Operação não houve nenhum tipo de incidentes com os militares e agentes envolvidos. A Operação ÁGATA PANTANAL VI ocorre devido à plena integração e comprometimento, provenientes da união de esforços entre as Forças Armadas e os OSPF no combate aos delitos transfronteiriços e no fortalecimento da presença do Estado brasileiro na fronteira oeste, contribuindo para promover a segurança e o bem-estar da nossa população

Deixe seu comentário

Leia Também

Saúde

Buscando investimentos para Santa Casa, prefeito se reúne com secretário de Saúde

Meio Ambiente

Calor de 37,7ºC faz de Aquidauana uma das cidades mais quentes do Brasil

Policial

Equipe de rádio patrulha de Corumbá captura Homem foragido da justiça

Policial

Equipe de rádio patrulha Ladário captura dois indivíduos foragidos da justiça

Fiscalização

Caixa Econômica fiscaliza ocupação irregular de imóveis do Minha Casa, Minha Vida

Policial

Equipe de rádio patrulha prende Homem foragido da justiça por porte ilegal de arma de fogo

Parceria

Com Estado, Município trata de ações para o Carnaval e preservação do patrimônio