Andorinha - Novos ônibus -Campanha 2

Encerrada nesta sexta Operação Ágata no Pantanal

Por Sylma Lima10 NOV 2018 - 09h23min
Até a tarde desta sexta feira,9, militares fizeram varredura na FronteiraFoto: Divulgação

No período de 6 a 9 de novembro, coube ao Comando do 6° Distrito Naval coordenar as ações da Operação ÁGATA PANTANAL VI, na faixa de fronteira oeste,contando com a participação de unidades do Comando Militar do Oeste e apoio dos Órgãos de Segurança Pública e Fiscalização (OSPF), tais como Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal, Receita Federal, Polícia Militar do Mato Grosso do Sul, Polícia Militar Ambiental e Força Nacional de Segurança.

A Operação ÁGATA, coordenada pelo Ministério da Defesa, consiste em uma Operação Conjunta das Forças Armadas, com apoio dos OSPF federais e estaduais, visando intensificar a presença do Estado nas regiões da faixa de fronteira e fortalecer a prevenção, o controle, a fiscalização e a repressão aos delitos transfronteiriços, tais como o tráfico de pessoas, drogas, armas e munições, bem como os crimes ambientais.

A Marinha do Brasil empregou o Navio-Transporte Fluvial Almirante Leverger, uma aeronave esquilo, militares do Grupamento de Fuzileiros Navais de Ladário-MS e da Agência Fluvial de Porto Murtinho e uma lancha da Capitania Fluvial do Pantanal. O Exército Brasileiro atuou com militares das Unidades da 18ª Brigada de Infantaria de Fronteira, dos Pelotões Especiais de Fronteira (PEF) e com meios especiais recebidos do Comando Militar do Oeste, como helicópteros (Pantera e Fennec). No total, foram mobilizados cerca de 550 militares.

Além desses meios, houve a presença de um cão farejador e a imprescindível integração e colaboração dos OSPF, que atuaram sinergicamente com os militares das Forças Armadas. Durante a Operação ÁGATA foram realizadas operações preventivas e repressivas pontuais, tais como patrulhamentos terrestres e fluviais; estabelecimento de postos de bloqueio e controle de estradas e de vias fluviais; revista em veículos e em embarcações e intensificação da fiscalização de produtos controlados. Todas as ações foram pautadas no trabalho integrado de inteligência e no rigoroso respeito aos diplomas legais.

No decorrer da Operação não houve nenhum tipo de incidentes com os militares e agentes envolvidos. A Operação ÁGATA PANTANAL VI ocorre devido à plena integração e comprometimento, provenientes da união de esforços entre as Forças Armadas e os OSPF no combate aos delitos transfronteiriços e no fortalecimento da presença do Estado brasileiro na fronteira oeste, contribuindo para promover a segurança e o bem-estar da nossa população

Deixe seu comentário

Leia Também

Turismo

GOL terá voos extras em Campo Grande na alta temporada

Policial

Homem é encontrado morto em casa no Popular Velha

Doação

MPT destina veículo para vistoria de imóveis pertencentes à União

Acidente

Homem fica ferido ao cair de telhado de quatro metros durante chuva

Temporal

Bombeiros cortam árvores que impedia tráfego no Urucum

Homicídio

Homem de 23 anos é assassinado a facadas após briga

Feapan

Cavalo pantaneiro tem noite de gala