Matrículas - Sesi

Embrapa atualiza guia de manejo da galinha poedeira 051

Por Assessoria Embrapa14 NOV 2017 - 09h13min

A Embrapa Suínos e Aves publicou uma nova versão do Guia de manejo das poedeiras coloniais de ovos castanhos – Embrapa 051. As recomendações apresentadas na publicação são baseadas na experiência dos pesquisadores que desenvolveram a linhagem, lançada em 2001, e em trabalhos recentes de pesquisa de campo.

“O Guia apresenta as metas de desempenho que servirão como ponto de referência para o avicultor. No entanto, é preciso lembrar que o bom desempenho da linhagem também está relacionado a fatores de manejo, sanidade, nutrição e ambiência”, diz o pesquisador Valdir Avila, um dos autores do manual.

No guia estão documentadas recomendações baseadas nas experiências de pesquisadores da Embrapa. Foto: Divulgação

Entre as metas para os lotes da Embrapa 051, destacam-se como indicadores de desempenho a viabilidade no final da cria e recria de 99% e ao final do período de produção acima de 92%, respectivamente, na 20ª e 90ª semanas de idade. “O esperado durante o período de postura é até 345 ovos por ave, com início na 20ª semana e pico entre a 27ª e 29ª semana de idade. A meta os ovos tenham um peso médio de 57 gramas na 40ª semana”, completa o pesquisador.

A publicação também traz sugestões de manejo; tabelas de indicadores para acompanhamento das fases de cria e recria das frangas; peso, consumo e viabilidade; programa de vacinação; níveis de nutrientes por kg de ração recomendados por fase da vida; e desempenho para atingimento das metas no período de produção.

As poedeiras coloniais Embrapa 051 são galinhas híbridas, resultantes do cruzamento entre linhas Rhode Island Red e Plymouth Rock Branca, selecionadas na Embrapa Suínos e Aves. Essas galinhas são especializadas para produção de ovos de mesa de casca marrom e, por serem rústicas, se adaptam bem aos sistemas menos intensivos. Ao final do período produtivo, o peso corporal das aves de cerca de 2,4kg permite bom aproveitamento para o abate e consumo da carne.

Os agricultores familiares são os maiores beneficiados pela criação da galinha. A Poedeira Colonial Embrapa 051 está disponível em praticamente todas as regiões do país, através de granjas multiplicadoras, com a proposta de criação em sistemas semiconfinados para produção de ovos (caipira, coloniais e ou capoeira) e a possibilidade de redução no custo inicial de investimento com instalações.

Em 2016, foram comercializados 1,7 milhão de exemplares da Poedeira Embrapa 051, um aumento de 11,4% em relação a 2015. A participação da genética da Embrapa no mercado nacional das poedeiras de ovos vermelhos alcançou 5,6% do mercado no ano passado, 2,1 pontos percentuais a mais que em 2015.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Fuga

Interno não consegue entrar com celular e foge do semiaberto

Serviço

Testes na nova ETA de Ladário pode causar falta de água até sábado (25)

Otimismo

Aumenta vagas de emprego no comércio de MS

Comunicado

Prorrogada publicação dos classificados no processo seletivo da Fundtur

Educação

Governo finaliza compra de uniformes, kits e merenda escolar para 2018

Economia

Com R$ 1,6 bilhão de MS, volume contratado do FCO em 2017 já é recorde histórico no País

Conflito territorial

Fazenda Baía da Bugra em Porto Esperança é invadida por indígenas