Menu
quarta, 01 de abril de 2020
Andorinha - Medidas Preventivas Coronavírus
Geral

Em votação pelo WhatsApp, Assembleia aprova calamidade púbica pelo coronavírus

20 março 2020 - 10h52Correio do Estado

A Assembleia Legislativa aprovou por unanimidade, e em caráter de urgência, o decreto de calamidade pública encaminhado ontem pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) motivado pelo avanço do novo coronavírus. Diante da gravidade da situação, no Estado, pela primeira vez na história a votação foi realizada pelo WhatsApp.

O texto passou em tempo recorde pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação e também foi validado à distância pelos seus membros.

Diante da imperiosa necessidade de recolha, compareceram ao plenário Gerson Claro (PP), Lídio Lopes (PATRI), Neno Razuk (PTB), Marçal Filho (PSDB), Rinaldo Modesto (PSDB), Herculano Borges (Solidariedade), Lucas de Lima (Solidariedade), Capitão Contar (PSL) e o presidente Paulo Corrêa (PSDB).

Como poucos parlamentares puderam estar presentes, diante da necessidade imperiosa de recolha da população, encaminharam seus votos online pelo aplicativo de mensagens Coronel David (PSL), Evander Vendramini (PP), Londres Machado (PSD), Marcio Fernandes (MDB), Pedro Kemp (PT), Cabo Almi (PT), Zé Teixeira (DEM), Eduardo Rocha (MDB), Jamilson Name (sem partido), Onevan de Matos (PSDB), Barbosinha (DEM), João Henrique (PL), Antônio Vaz (Republicanos) e Renato Câmara (MDB).

Os parlamentares não deixaram de ocupar a tribuna e expressaram a preocupação diante da movimentação nas ruas de Campo Grande mesmo diante da necessidade de recolhimento e pediram aos empresários que liberem seus funcionários para trabalhar em casa ou deem folga para evitar ao máximo a circulação.

Contar, ao expressar seu voto, ressaltou que o decreto “dá autonomia ao Governo para tomar medidas e fazer licitações, mas não muda a forma como iremos fiscalizar os atos administrativos do governo”.

Com essas medidas, o governo poderá tomar medidas como comprar materiais e insumos sem licitação. O texto deve ser publicado em breve no Diário Oficial Eletrônico (DOE).

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Alívio
Pequenos empresários de MS são beneficiados com adiamento das parcelas do FCO
Em isolamento
Família haitiana autorizada a entrar no Brasil cumpre quarentena de 14 dias em Corumbá
48 casos confirmados
Três Lagoas confirma primeiro caso da Covid-19
Covid 19
Aulas seguem suspensas até maio no Estado
Geral
Consumidor poderá pagar débitos com a Energisa em até 12X
Refração
Centro-Oeste registra queda de 12,48% nas vendas por e-commerce em fevereiro
Solidariedade em Bonito
Grupo de Jipeiros une forças e doa cestas básicas para famílias carentes de Bonito
Sem colher de chá
Prazo de filiação para se candidatar em 2020 é mantido no dia 4 de abril
Covid 19
Barreiras sanitárias começam a funcionar em três municípios na divisa com SP e PR
Retorno da Imunização
Ainda insuficiente para cobrir grupo prioritário vacinação contra H1N1 é retomada em Corumbá

Mais Lidas

Oportunidade
Correios abrem inscrições para mais de 4 mil vagas de Jovem Aprendiz
Apertando o cinto
Toque de recolher passa a ser cumprido pela PM em Corumbá
Corumbá
Mãe manda prender filho usuário de drogas
Negociação
Empresários de Corumbá pedem flexibilização das medidas restritivas ao Covid-19