Menu
domingo, 23 de fevereiro de 2020
Andorinha - Horários Economicos
Andorinha - Horários Econômicos
Geral

Em nota, ex-secretário de governo nega envolvimento com JBS

05 setembro 2019 - 10h07Kamilla Marques

Em nota, o ex-secretário de governo de Reinaldo Azambuja repudia a ação da polícia em que seu nome teria sido veiculado na imprensa com possível envolvimento com o frigorífico JBS. Confira a nota na íntegra:

“Como se tornou de conhecimento público, investigação da Polícia Federal levou nesta semana a mim e a minha mulher a sermos ouvidos em Campo Grande, a fim de prestarmos esclarecimentos que as autoridades buscam sobre supostas irregularidades em incentivos fiscais concedidos a um grupo frigorífico. A mesma apuração, em 2018, resultou em inexplicável mandado de prisão expedido contra minha pessoa.

Atuei por anos, e até hoje mantenho atividades, no setor rural de Mato Grosso do Sul, estando envolvido com uma pecuária reconhecida como uma das melhores do mundo, resultando na geração de empregos e renda e sempre pautado pela lisura de minhas atividades. Paralelamente, atendi a chamados vindos da sociedade e adentrei à vida pública, como prefeito de Porto Murtinho e colaborador da administração estadual, atividades exercidas com responsabilidade dobrada por representarem um dever para com nossa gente.

Não vejo erros em minha conduta política e empresarial, mesmo que, com a condução dos trabalhos de investigação até aqui, pareça que o “erro” foi ter trabalhado à exaustão como produtor rural, ajudando a fortalecer a balança comercial de Mato Grosso do Sul. Contudo, faz-se mais que necessário deixar clara minha indignação em relação às ilações sobre a participação de minha mulher neste suposto esquema criminoso que pauta as autoridades policiais.

Maria Lúcia é pessoa ética, honesta e preocupada com o bem-estar de nossa gente. Sempre esteve envolvida em causas sociais, dedicando tempo e esforços na construção de uma sociedade mais justa e distante dos desvios que se buscam rotular a agentes públicos.

Meu dever como cidadão, exercido aqui sem nenhuma relutância, é o de estar sempre à disposição das autoridades para esclarecer dúvidas que possam vir a surgir em meio ao trabalho investigatório quanto a possíveis malfeitos. No entanto, também me reservo ao direito de contestar suspeitas que recaiam sobre minha família, rechaçando-as e negando, veementemente, quaisquer irregularidades que venham a ser atribuídas a nós.

Por fim, reforço meu comprometimento em estar à disposição da Polícia Federal ou outras autoridades para prestar todas as informações que julgarem necessárias, com respeito às instituições e ao próprio Estado Democrático de Direito, tendo absoluta certeza de que, ao final, obteremos a certificação de que não erramos em nossa conduta.

Nelson Cintra Ribeiro”

Deixe seu Comentário

Leia Também

Flagrante
Dois são presos armados com faca no circuito do carnaval
Um dos presos estava na avenida General Rondon, principal via para desfiles de blocos e escolas de samba
Polícia
Menor é preso por furto de chinelos em Atacadista de Corumbá
Cibalenando na folia
Cibalena invade ruas do centro com 30 mil foliões
Alerta
Alvo de ladrões, pesquisa mostra gasolina a quase R$5 em Campo Grande
Desdobramentos
Identificados 10 presos em operação sobre morte de jornalista na fronteira
Serviço
Repartições públicas de Corumbá terão ponto facultativo na segunda de Carnaval e quarta de cinzas
Folia com segurança
Vai levar os filhos para pular o Carnaval? Lembre-se da identificação e outros cuidados
Responsabilidade
Vigilância sanitária fiscaliza comerciantes e ambulantes durante o Carnaval
Carnaval 2020
Marquês de Sapucaí conta a história de Corumbá em seus 241 anos
Carnaval 2020
Vila Mamona faz reedição de samba e relembra sua 1ª vitória

Mais Lidas

Homicídio
Bombeiros resgatam esfaqueado e levam autor detido para Delegacia
Polícia
Menor é preso por furto de chinelos em Atacadista de Corumbá
Flagrante
Dois são presos armados com faca no circuito do carnaval
Cibalenando na folia
Cibalena invade ruas do centro com 30 mil foliões