Andorinha - Nova Frota

Em busca de parcerias, Governo cria programa “Adote Parque das Nações Indígenas”

Por Portal do MS26 OUT 2017 - 10h47min
Decreto publicado nesta quinta, 26, coloca algumas áreas do parque em doação.Foto: Mário Hada

Em busca de parcerias para cuidar do Parque das Nações Indígenas, o Governo de Mato Grosso do Sul criou um programa que colocará para “adoção” algumas áreas do local. Nesta quinta-feira, 26, decreto assinado pelo governador Reinaldo Azambuja e publicado no Diário Oficial do Estado (DOE-MS) instituiu o “Programa Estadual de Parcerias para Adoção de Áreas e Equipamentos do Parque das Nações Indígenas”, o Adote PNI. Conforme a publicação, o programa visa a “promoção da integração de esforços e de recursos entre os setores público e privado, na busca do cumprimento dos objetivos de criação do Parque das Nações Indígenas e da melhoria da qualidade de vida da comunidade campo-grandense”.

Entre os itens que o decreto considera estão a adoção (manutenção, reforma, edificação de prédios, aquisição/implantação de equipamentos e a aquisição de bens); manutenção (serviços gerais de limpeza de áreas plantadas, passarelas, lagos, reparos, manutenção de gramados, manutenção de jardins, poda de árvores e irrigação); reforma (recuperação de estruturas prediais, sem ampliação, e mantendo suas características originais, e recuperação de áreas degradadas mediante a implantação de projetos paisagísticos); edificação de prédio (obra de edificação de novas estruturas prediais de interesse da administração do parque); e aquisição de equipamentos e bens (aquisição de equipamentos e bens destinados à segurança do parque e da população, equipamentos de lazer, entre outros, destinados à melhoria do atendimento ao público e à qualidade de vida da população).

Interessados em firmar parcerias com o Governo do Estado e colaborar com os cuidados do maior parque urbano de Mato Grosso do Sul podem apresentar proposta de adesão ao Imasul (Instituto de Meio Ambiente do Estado). O interesse deve ser formalizado por meio de carta de intenção, acompanhada do projeto, de documentos pessoais e da constituição da empresa, no caso de pessoa jurídica. Em troca, os padrinhos da adoção poderão veicular no local placas de publicidade. Mais informações sobre o decreto podem ser obtidas no DOE-MS.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Enchente

PMA auxilia atingidos por enchentes, resgata famílias e salva animais domésticos

113 anos

Câmara homenageia Rotary Club de Corumbá com uma Sessão Solene

descumprimento da lei

MPE abre inquérito para investigar descumprimento da lei que proíbe inaugurar obras inacabadas

Prestação de contas

Prefeito faz balanço dos 100 dias de gestão e apresenta ações para 2018

Policial

Polícia Militar Captura homem Foragido da Justiça Durante Abordagem

Internet

Vereador pede solução para problemas de sinal de internet em Corumbá

Esportes

Pivôs de pancadaria no Comerário só devem ser julgados semana que vem