Menu
sexta, 29 de maio de 2020
Vale - nova entrega de EPI
Vale - nova entrega de EPI
Geral

Dezembro segue como um dos meses mais chuvosos no Estado

03 dezembro 2019 - 09h08Mireli Obando/Portal do MS

Pelo histórico da climatologia do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) analisando o período de 1981-2010, dezembro é um dos meses mais chuvosos do ano em Mato Grosso do Sul, e são esperados uma média geral de até 200 milímetros ao longo do mês, com temperaturas variando entre 20 °C a 33°C. Em 2019, a estação chuvosa, que devia ter começado em Outubro, teve seu início em meados de Novembro, configurando um atraso médio de 45 dias para o estabelecimento das chuvas.

Conforme a coordenadora do Cemtec, Franciane Rodrigues, a região do Pacífico Equatorial, onde se dá o Fenômeno La Niña e El Niño está com temperaturas ligeiramente acima da média, mas que não excede os 0,5°C. Assim, há uma condição de neutralidade para ENOS (El Niño Oscilação Sul) que irá se manter nos próximos meses.

“Para Mato Grosso do Sul, espera-se a manutenção da estação chuvosa sem risco de períodos secos com acumulados acima da média para o mês, e as temperaturas tendem a ficar ligeiramente abaixo da média, ou seja, espera-se que seja mais chuvoso que o normal e as temperaturas mais agradáveis”, avalia a especialista. 

Conforme o modelo internacional de previsão de tempo National Centers for Environmental Prediction (NCEP/NOAA) a primeira quinzena de dezembro será de tempo chuvoso em Mato Grosso do Sul. 

No primeiro período analisado, de 2 a 10 de dezembro as condições para chuva no Estado continuarão em todas as regiões, com maiores acumulados concentrados nas regiões sul, norte e nordeste onde são esperados 100 milímetros acumulados ao longo do período. Nas demais áreas, as chuvas ocorrerão com acumulados menores chegando a valores de até 60 milímetros acumulados.

Já entre os dias 10 a 18 de dezembro, a previsão também é de condições para chuva, com formação de corredores de umidade que manterão as chuvas com maiores acumulados nas regiões norte e bolsão, onde o acumulado pode chegar a valores acima de 100 milímetros. Nestas regiões é necessário atenção as possíveis condições adversas no tempo, como por exemplo, chuvas intensas, ventos fortes, raios e até granizo. Para as demais áreas, as expectativas de chuva são menores e podem chegar em até 60 milímetros acumulados ao longo do período.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Previsão do Tempo
MS está em alerta para tempo seco e baixa umidade do ar
Atualização Covid-19
Com mais 94 confirmados, Mato Grosso do Sul passa para 1.356 pacientes com coronavírus
Segurança
Bolsonaro mantém no cargo e eleva em 9,4% gratificação de chefe da PF em MS
Tráfico de Remédio
MS como rota para o contrabando de cloroquina
Economia e Turismo
Vereadores buscam apoio para implantação de cassinos em Corumbá
Corumbá
Semana de Combate ao Feminicídio inicia em 1º de junho com Lives na programação
Corumbá
Obras de pavimentação e drenagem avançam na parte alta
Pagamento
Servidores municipais de Corumbá recebem salário de maio hoje
Acidente Doméstico
Máquina de lavar pega fogo em residência do centro de Corumbá
Acidente Fatal
Ajudante não resiste ferimentos e morre após atropelamento de caminhão

Mais Lidas

Panorama da Covid-19
Corumbá não tem pacientes internados por Covid-19
Flexibilização
Terminal Rodoviário de Corumbá reabre em 1º de junho com barreira sanitária fixa
Justiça
Passageira de Corumbá será indenizada em R$ 7 mil por atraso de voo
Qualificação
Senac EAD oferece cursos técnicos em diversas áreas com início em junho