Andorinha - Novos ônibus -Campanha 2

De segunda suplente Bia Cavassa pode se tornar Deputada Federal

Por Sylma Lima08 NOV 2018 - 07h54min
Possibilidade de Bia assumir a cadeira gerou grande expectatuva no povo Corumbaense.

A cidade de Corumbá adormeceu com uma noticia que trouxe conforto e vigoro à população tão sofrida, e que vive ás margens de favores de deputados federais de fora para conseguir emendas de bancada que favoreçam o município. Nos últimos anos a cidade não conseguiu eleger um deputado federal, apesar de ter mais de 86 mil eleitores, entre os dois municípios vizinhos. Boa parte da culpa é a compra de votos, e outra parcela é dos políticos  corumbaenses , que visam apenas o lucro fácil em época de eleição, e trabalham para candidatos de fora dividindo os votos de forma desonesta. Entretanto, a situação  mudou na tarde desta quarta-feira,07 de Novembro, após o novo presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) confirmar a nomeação da deputada federal Tereza Cristina (DEM) como ministra da Agricultura.

O ‘tabuleiro’ mexeu as peças do cenário político de MS,pois o primeiro suplente da sigla, . Geraldo Resende (PSDB),  pode assumir cargo no governo Reinaldo Azambuja (PSDB) e passar a vaga para a 2ªsuplente, Bia Cavassa (PSDB), viúva do ex-prefeito de Corumbá, Ruiter Cunha.

Após a confirmação de Tereza na pasta do agronegócio, Geraldo disse com exclusividade ao TopMídiaNews que foi chamado pelo governador reeleito a assumir função na administração estadual.

Resende, no entanto, disse que ainda não sabe que cargo pode ser, mas acha pouco provável ser secretário de Saúde. Ele destacou ainda que, diante das mudanças ocorridas na tarde de ontem, deve voltar a conversar com Azambuja.

''Vou continuar servindo o país, seja na Câmara, seja na administração estadual'', destacou o parlamentar tucano.

Após a divulgação da matéria a segunda suplente corumbaense Bia Cavassa divulgou uma nota em sua página nas redes sociais afirmando que, caso isso ocorra, esta preparada para assumir o compromisso que fez com o povo. Confiram a nota:

“Meus amigos e minhas amigas:

Devido aos últimos acontecimentos em Brasília - com a indicação da Deputada Federal Tereza Cristina para o Ministério da Agricultura, recebi muitos telefonemas, mensagens e pedidos de declaração à imprensa.

Sendo assim, agradeço as manifestações recebidas ao final desta tarde de quarta-feira (07) e sinto-me feliz e grata ao saber da possibilidade de ter a honra de poder representar a nossa Corumbá, Ladário, a região pantaneira e todo o nosso querido Mato Grosso do Sul na Câmara Federal.

Caso ocorra, estou à disposição para encarar mais um desafio com muita responsabilidade e compromisso - como sempre fiz ao longo da minha trajetória pessoal e profissional - respeitando àqueles que foram eleitos pelo voto. Porém, peço que aguardemos com muita cautela a desenvoltura dos acontecimentos - até suas definições.

Desde já, mais uma vez agradeço pelo carinho e atenção”

Bia Cavassa

A população corumbaense resta torcer para Geraldo Resende aceitar o convite. Apelar para ajuda do governador reeleito Reinaldo Azambuja, porque se Corumbá tem um sonho, é o de ter um deputado federal eleito. Coisa que não acontece há mais de 30 anos. Essa possibilidade esta bem próxima de se realizar. Corumbá conseguiu eleger um deputado estadual, o atual vereador Evander Vendramini (PP). Com Bia o prefeito Marcelo Iunes prevê um futuro elhor para todos, " estamos na torcida. Isso é  muito bom" , disse Iunes ao Capital do Pantanal.

Deixe seu comentário

Leia Também

Turismo

GOL terá voos extras em Campo Grande na alta temporada

Policial

Homem é encontrado morto em casa no Popular Velha

Doação

MPT destina veículo para vistoria de imóveis pertencentes à União

Acidente

Homem fica ferido ao cair de telhado de quatro metros durante chuva

Temporal

Bombeiros cortam árvores que impedia tráfego no Urucum

Homicídio

Homem de 23 anos é assassinado a facadas após briga

Feapan

Cavalo pantaneiro tem noite de gala