Andorinha - Novos ônibus -Campanha 2

Corumbá receberá congresso sobre violências no trabalho nos dias 12 e 13 de novembro

Por Sylma Lima08 NOV 2018 - 17h02min

Como enfrentar e superar as violências no trabalho será o tema de um congresso realizado pelo Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso do Sul, em Corumbá, nos dias 12 e 13 de novembro. O evento vai reunir profissionais de diferentes áreas para discutir questões relacionadas ao assédio moral, assédio sexual, discriminações de gênero, violência organizacional, trabalho infantil e trabalho escravo e as formas de atuação em defesa da saúde, dos direitos humanos e sociais do trabalhador.

O "Congresso Sul-Mato-Grossense sobre Violências no Trabalho: Enfrentamento e Superação" será no Anfiteatro Salomão Baruki, no Campus Pantanal da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, com carga horária de 12 horas. Também haverá minicursos com duração de 4 horas.

O evento é de graça e os interessados podem se inscrever pelo site da Fundacentro (clique aqui). A discussão é voltada para acadêmicos, profissionais e pesquisadores das diversas formas de violência no trabalho, como profissionais da área do direito, psicólogos, pedagogos, profissionais de Saúde e Segurança do Trabalho (engenheiros, técnicos, médicos, auditores fiscais e profissionais da saúde) e empresários.

O Congresso Sul-Mato-Grossense sobre Violências no Trabalho é uma realização do TRT/MS, por meio do Programa Nacional de Prevenção de Acidente de Trabalho, da UFMS, do Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso do Sul e do Laboratório de Saúde Mental do Trabalhador.

Programação

Na segunda-feira (12), haverá minicursos e exposição de trabalhos ao longo do dia. Às 18h30, será a abertura do congresso no Anfiteatro Salomão Baruki, com a palestra “Trabalhe, e cale-se! O silêncio gritante nas situações de violência”, pela professora doutora Ana Magnólia Bezerra Mendes da Universidade de Brasília.

No dia seguinte (13), pela manhã, haverá duas mesas redondas. A primeira, sobre acidentes de trabalho, terá a participação dos magistrados do Tribunal Regional do Trabalho de Mato Grosso do Sul, desembargador Francisco das C. Lima Filho e juiz Márcio Alexandre da Silva. A segunda discussão será o trabalho infantil, tema abordado por Marinalva Cardoso Dantas, que é Chefe da Divisão de Erradicação do Trabalho Infantil e Proteção ao Adolescente Trabalhador da SIT (Secretaria de Inspeção do Trabalho) do Ministério do Trabalho. A palestrante é pioneira  tem uma história de mais de três décadas de forte combate aos trabalhos infantil e escravo no Brasil. Também participará da discussão a Oficial Técnica em Princípios e Direitos Fundamentais no Trabalho da Organização Internacional do Trabalho (OIT), Thaís Dumêt Faria.

À tarde, será realizada uma roda de conversa sobre assédio moral e terá a mesa redonda sobre sofrimento psíquico, servidão e violência no trabalho, com participação do desembargador do trabalho André Luís Moraes de Oliveira do TRT/MS. Fechando a programação, o médico e doutor Álvaro Crespo Melo da UFRGS vai abordar o tema “Quando o copo transborda: suicídios no trabalho”.

Deixe seu comentário

Leia Também

Turismo

GOL terá voos extras em Campo Grande na alta temporada

Policial

Homem é encontrado morto em casa no Popular Velha

Doação

MPT destina veículo para vistoria de imóveis pertencentes à União

Acidente

Homem fica ferido ao cair de telhado de quatro metros durante chuva

Temporal

Bombeiros cortam árvores que impedia tráfego no Urucum

Homicídio

Homem de 23 anos é assassinado a facadas após briga

Feapan

Cavalo pantaneiro tem noite de gala