Matrículas - Sesi

Contribuinte já pode procurar Centro de Atendimento para aderir ao REFIC

Por Assessoria PMC26 OUT 2017 - 10h05min

O contribuinte em débito com o Fisco Municipal já pode aderir ao Programa Cidadão de Recuperação de Créditos com a Fazenda Pública Municipal (REFIC/2017). O programa permite parcelamento em até 48 vezes de débito com o Município e concede isenções de multas, juros e correção monetária que variam de 30% a 100%. Para a adesão, é preciso procurar o Centro de Atendimento ao Contribuinte (CAC) no período das 08h às 16 horas.

A Lei n° 212 estabelece que o REFIC/2017 destina-se a promover a regularização de créditos municipais relativos ao Imposto Sobre a Propriedade Territorial e Predial (IPTU) e ao Imposto Sobre Serviços de qualquer Natureza (ISSQN), devido até a competência do mês de junho de 2017, bem como outros débitos de natureza tributária e não tributária, constituídos ou não, inscritos ou não em dívida ativa, ajuizados ou não, parcelados ou não, com exigibilidade suspensa ou não.

O atendimento no CAC é de segunda a sexta das 8h ás 16h. Foto: Renê Márcio Carneiro/PMC

“Estamos com o sistema preparado para o contribuinte fazer a adesão. É só ir ao CAC com documentação pessoal e BIC (no caso do IPTU), pedir uma simulação dos débitos com a Fazenda Municipal e simular as situações possíveis, à vista ou parcelada, dentro do seu orçamento para não deixar de fazer o recolhimento. Pode levar o extrato da simulação para analisar em casa as opções oferecidas”, informou o secretário Especial de Fazenda, Mário Sérgio Aguiar Siqueira.

O CAC fica na rua 28 de Setembro, 47 (prolongamento da rua Dom Aquino), próximo ao quartel do 17º Batalhão de Fronteira. O atendimento é de segunda a sexta das 08h às 16 horas, mas há possibilidades de ampliação futura no horário de atendimento.

“Quem tem dívidas com o IPTU de 2017 não pode fazer a opção pelo REFIC. O contribuir deve quitar as parcelas atrasadas ou pagar à vista para pedir o REFIC. Não havendo parcelas vencidas pode fazer a opção”, explicou Mário Sérgio. O REFIC 2017 terá prazo de 30 dias de adesão pelo contribuinte. A homologação da adesão se dará no momento do pagamento da cota única ou da primeira parcela do acordo firmado. Quem tem débitos com o IPTU até 2016 precisa estar em dia com o referente a 2017 para aderir à recuperação de créditos. No caso do ISS, pessoas jurídicas, a competência até o mês de junho de 2017 terá esse benefício. Depois dessa data deverá regularizar julho, agosto e setembro, por exemplo, para aderir ao benefício.

De acordo com o titular da Secretaria Especial de Fazenda, ao assinar o termo de adesão se o contribuinte tem algum parcelamento vigente com o Fisco Municipal ou dívidas executadas, ele pode pedir desistência que todas vão entrar no Programa Cidadão de Recuperação de Créditos com a Fazenda Pública Municipal (REFIC/2017). Débitos até 31 de dezembro de 2016, menos do ISS das empresas que entra até 30 de junho de 2017. “Só vai homologar o REFIC (da cota única ou da primeira parcela do acordo firmado) se fizer o pagamento. Por isso que pode ser feita a simulação inicial para ver qual opção melhor se enquadra no orçamento. Após adesão sai com o boleto”, finalizou o secretário Mário Sérgio Aguiar.

Benefícios

Os débitos poderão ser pagos à vista ou em até 48 vezes. Nenhuma parcela poderá ser menor que 90 reais para pessoas físicas ou 200 reais para pessoas jurídicas.  Atraso superior a 90 dias no pagamento de parcela implicará na exclusão do contribuinte do acordo do REFIC 2017.

Quitação à vista (cota única) terá exclusão de 100% dos valores referentes aos juros e multas de mora, da atualização monetária e multa de ofício. Nesse caso, o contribuinte pagará o valor do débito sem qualquer acréscimo.

As outras opções são: em até 12 parcelas, com exclusão de 80% do valor da multa, dos juros de mora e da atualização monetária. Em até 24 parcelas, com exclusão de 60% do valor da multa, dos juros de mora e da atualização monetária. Em até 48 parcelas, com exclusão de 30% do valor da multa, dos juros de mora e da atualização monetária.

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Estratégia

Fiscalização pode deixar passageiros da Siriema a pé

Transporte

Seriema não quebra monopólio e terá que atuar dentro da lei da fretagem

Alerta

Consumidor deve desconfiar de grandes descontos em Black Friday, diz Procon

Em pauta

Prefeito discute medidas para cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal

Evento

Interessados em participar das oficinas do VI Fegasa devem se inscrever até 28 de novembro

Internacional

América Latina joga 145 mil toneladas de lixo orgânico por dia em aterros

Política

Anthony Garotinho e Rosinha são presos no estado do Rio