Micareta

Cônsul da Bolívia é acusado de agredir universitário com socos e chutes

Por Gesiane Medeiros02 NOV 2017 - 11h17min

Estudante de medicina de 35 anos, identificado pelas iniciais C.R.N, registrou boletim de ocorrências na delegacia de polícia civil, na tarde desta quarta-feira, 1° de novembro, afirmando que na manhã do mesmo dia foi vítima de tentativa de extorsão e agressão, recebendo socos e chutes deferidos pelo cônsul da Bolívia em Corumbá.

Segundo a vítima, ele teria ido até o consulado boliviano, localizado na rua Sete de Setembro, região central de corumbá, para regularizar alguns documentos escolares, para isso lhe foi cobrado o valor de R$ 301,00. Posteriormente a atendente do órgão lhe cobrou a mesma taxa novamente afirmando que a outra não tinha mais validade, porque havia vencido.

O universitário de nacionalidade brasileira, atualmente residente em Puerto Quijarro, na Bolívia, por conta dos estudos, se recusou e foi convidado pelo cônsul a ser retirar do local. Diante da negativa da vítima, o diplomático teria deferido socos e chutes ao estudante que revidou com um soco. Viatura da polícia militar foi até o local e quando tentou levar os dois para prestar esclarecimentos na delegacia, o cônsul se recusou e afirmou que possuía imunidade diplomática, por isso não iria a lugar algum. 

Deixe seu comentário

Leia Também

Policial

Homem vai para o hospital com golpes de facão no pescoço e intensa hemorragia

Geral

Primavera começa com possibilidade de novo episódio do El Niño

Eleições 2018

Reinaldo faz carreata em Corumbá, onde investiu pesadamente em saneamento

Eleições 2018

Credenciamento de imprensa para as Eleições 2018 começa nesta segunda-feira (24)

Acidente de trânsito

Homem morre em acidente de trânsito em curva da BR 262

Infraestrutura

Reinaldo em Ladário: solução para falta de água no município está em andamento

Acidente de trânsito

Motorista bêbado colide contra igreja