Menu
sexta, 18 de outubro de 2019
Campanha Viajar Andorinha - Saudade
Mobile - Campanha Viajar Andorinha - Felicidade
Geral

Comissão especial da Câmara aprova texto da reforma da Previdência

13 julho 2019 - 08h12Agência Brasil

A comissão especial da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados aprovou, na madrugada deste sábado (13), por 35 votos favoráveis e 12 contrários, o texto da Proposta de Emenda Constitucional (PEC 6/19) que será votado, em segundo turno, pelo plenário da Casa. Etapa formal da tramitação, parlamentares levaram quase quatro horas após o encerramento das discussões da matéria pelo plenário para conseguir concluir a votação. A sessão foi marcada por críticas de parlamentares de partidos da oposição à matéria e tentativa de obstrução da sessão para adiar ou inviabilizar a conclusão da tramitação da PEC.

Com a aprovação, a comissão referendou a redação do texto elaborado pelo relator da matéria, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP). Na próxima etapa de tramitação, a votação em segundo turno, os parlamentares não podem mais fazer mudanças no texto. Pelo regimento, os deputados poderão apenas retirar trechos, as chamadas “emendas supressivas”.

A votação em plenário do segundo turno da reforma da Previdência na Câmara dos Deputados ficará para 6 de agosto, confirmou há pouco o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Em entrevista após a conclusão das votações, ele explicou que a decisão foi tomada por preocupações de que o quórum baixo comprometa o texto aprovado em primeiro turno.

“Não era real acabar amanhã (13) pelo quórum com que acabou a sessão de hoje”, disse. “Essa é uma construção multipartidária e foi isso que se construiu”, acrescentou.

Senado

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, disse acreditar que a reforma seja aprovada pelo Senado em setembro. Se os senadores reincluírem os estados e municípios à reforma, Marinho defende que o tema tramite numa proposta de emenda à Constituição em separado para não impactar os prazos.

Ao ser aprovada em segundo turno, a matéria será enviada ao Senado, onde é analisada apenas pela Comissão de Constituição e Justiça e pelo plenário. Não há comissão especial. Senadores também precisam aprovar a PEC em dois turnos pelo plenário. Para a aprovação, são necessários três quintos dos votos, o correspondente a 49 votos favoráveis, em cada turno.

 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Ação Social
7ª edição do Povo das Águas vai atender ribeirinhos do baixo Pantanal
Reconhecimento
Festival América do Sul Pantanal traz homenagens a nomes corumbaenses
Agricultura
Com setembro mais seco, usinas aceleram moagem de cana-de-açúcar em MS
Cultura
Corumbá recebe mostra nacional e internacional de animação
Alerta
Audiência Pública alerta para obrigatoriedade do cadastramento biométrico em Corumbá e Ladário
Patriotismo
Governador sanciona lei de resgate ao civismo nas escolas
Mudança
Sancionada lei que contribui para consolidação da identidade sul-mato-grossense
Treinamento
Capacitação em Operações Penitenciárias no RJ preparam agentes da Agepen para situações de Alto Risco
Temperatura
Quinta com possibilidade de chuva e calor no Estado
Desrespeito
Ciclistas organizam protesto em posto onde 2 foram expulsos durante chuva

Mais Lidas

Evento
Corumbá Folia traz Matheus Kruz em véspera de feriado para Corumbá
Direito do Consumidor
Procon autua unidade da Smart Fit por recusar pagamentos em dinheiro
Violência
Vítima de assalto é socorrido com faca encravada nas costas
Desdobramentos
Arma utilizada em triplo homicídio é recuperada pela PM