Andorinha

Boletim epidemiológico aponta 450 casos suspeitos de dengue em Corumbá

Por Assessoria PMC12 AGO 2017 - 08h44min

Boletim epidemiológico da Vigilância em Saúde, liberado nesta sexta-feira, 11 de agosto, mostra que até a semana 31 foram notificados 450 casos suspeitos de dengue e 30 confirmados em Corumbá. Os dados são referentes ao período de 30 de julho a 05 de agosto de 2017.

Com base nos casos notificados e confirmados, e no segundo Levantamento de Índice Rápido do Aedes aegypti, as equipes da Secretaria Municipal de Saúde, para combater o vetor, visitaram 4.126 imóveis nas atividades de rotina. Foram realizadas eliminação de focos, com o objetivo de impossibilitar o desenvolvimento do vetor e orientação junto aos moradores para que evitem o acúmulo de materiais que favoreçam o depósito de ovos do mosquito transmissor.

Durante a semana 31 foram realizados bloqueios mecânicos em três micro áreas da cidade. A equipe de bloqueio químico realizou a borrifação com a bomba costal em 507 imóveis nas micro áreas  Generoso, Dom Aquino, Linha Férrea, Senai  e  Clio Proença. Em todos os casos notificados houve o trabalho de manejo ambiental.

O boletim epidemiológico número 23 traz ainda informações referentes ao Zika Virus; Chikungunya; Leishmaniose e do monitoramento de doenças diarréicas agudas.

Vírus Zika

Até a semana 31 de 2017, foram notificados 102 casos suspeitos, e 08 casos confirmados.

Chikungunya

No município de Corumbá até a semana epidemiológica 31 de 2017, foram notificados 70 casos de Chikungunya e 10 casos confirmados.

Leishmaniose

Até a semana epidemiológica 31 de 2017, foram confirmados 07 casos de leishmaniose visceral nos bairros Jardim dos Estados, Jardinzinho, Popular Velha, Previsul e Dom Bosco, Centro América e 01 óbito no bairro Maria Leite.

Influenza

Até o momento no Município foram confirmados por laboratório 09 casos de H3 sazonal e 01 caso de H3 sazonal por vínculo epidemiológico.

Monitoramento de doenças diarréicas agudas

Até a semana 31 foram registrados 2.580 casos de Doenças Diarréicas Agudas. Destes, 124 casos ocorreram crianças menores de 1 ano, 618 em crianças de 1 a 4 anos, 262 casos em criança de 5 a 9 anos e 1491 casos em crianças com mais de 10 anos.

Deixe seu comentário

Leia Também

Economia

Emprego temporário de fim de ano é oportunidade de contrato definitivo

Economia

Expectativa de crescimento favorece criação de empregos temporários no Natal

Direito

Justiça concede custeio para tratamento de crianças com fissura labiopalatal

Código Florestal

Curso aborda usos de espécies do Pantanal e Cerrado para a recuperação ambiental

Emprego

Governo divulga lista dos selecionados para atuar no Instituto de Identificação

Destaque

Rede Estadual representa MS em quatro categorias do Prêmio Professores do Brasil

Presidência

Michel Temer visita Pantanal para participar do II Encontro Carta Caiman