Matrículas - Sesi

Black Friday movimentou R$ 3 milhões e levou cerca de 100 mil pessoas para a Fronteira

Por Sylma Lima16 OUT 2017 - 18h02min
Loja lotada todos os dias de promoçãao. Foto: Sylma lima

Foram três dias de promoções, cujos descontos  chegaram desde 10%  ate a 50% em cinco grandes lojas no Shopping Aguirre (antiga Zona Franca) incluindo alguns comerciantes da conhecida feirinha boliviana em Puerto Quijarro, e no comércio de Corumbá. Com o feriado da padroeira do Brasil, e dia das crianças, comemorado em 12 de Outubro,  a Expopantanal na cidade boliviana realizou junto com a Cainco o primeiro Black Friday da Fronteira Brasil / Bolivia que movimentou U$ 500 mil ,  totalizando uma quantia de R$ 3 milhões , trazendo para esta região mais de cem mil pessoas, tanto turistas brasileiros como bolivianos. Corumbá fez uma grande promoção dia 13, quando os lojistas pediram o fechamento das ruas centrais e cobriram as ruas com produtos a preços baixos.Dados oficiais ainda estão sendo contabilizado pelos representantes da Cainco (Câmara da Industria e Comercio) da Bolivia, mas segundo Lisa Lewin, gerente do Shopping China a movimentação financeira foi surpreendente para o momento de crise que vive o pais.

 A economista acredita que os preços baixos e a qualidade dos produtos foram essenciais para a comemoração desses resultados, “foi muito positivo e com certeza vamos repetir em 2018 nesta mesma data, entretanto, ainda teremos outras ofertas e promoções de final de ano para nossos clientes” , disse Lisa ao Capital do Pantanal.

Lisa Lewin, gerente do Choppin China,  é responsável por toda divulgação das campanhas promocionais e invevste em divulgação.

No Shopping China os preços voltaram ao normal e devido a estabilidade do cambio ainda compensa comprar na loja, “ com o dólar cotado em R$ 3,20 vale a pena conferir nossos produtos”. Ela explicou que esse movimento de R$ 3 milhões foi em toda Fronteira, “ para o primeiro black Friday foi um sucesso e que vamos repetir para movimentar a economia na nossa região como aconteceu desta vez, em que ambos os lados conseguirão renovar os estoques com o saldo positivo das vendas. Comerciantes brasileiros e bolivianos lucraram e muito”.

Algumas lojas de produtos esportivos e outros importados ainda mantem preços da promoção ate encerrar o estoque. Segundo comerciantes o evento foi importante porque, além do recorde de vendas vão poder investir em produtos recém lançados no mercado para a próxima grande data comemorativa que é o natal.

Deixe seu comentário

Leia Também

Estratégia

Fiscalização pode deixar passageiros da Siriema a pé

Transporte

Seriema não quebra monopólio e terá que atuar dentro da lei da fretagem

Alerta

Consumidor deve desconfiar de grandes descontos em Black Friday, diz Procon

Em pauta

Prefeito discute medidas para cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal

Evento

Interessados em participar das oficinas do VI Fegasa devem se inscrever até 28 de novembro

Internacional

América Latina joga 145 mil toneladas de lixo orgânico por dia em aterros

Política

Anthony Garotinho e Rosinha são presos no estado do Rio