Andorinha - site novo

Black Friday movimentou R$ 3 milhões e levou cerca de 100 mil pessoas para a Fronteira

Por Sylma Lima16 OUT 2017 - 18h02min
Loja lotada todos os dias de promoçãao. Foto: Sylma lima

Foram três dias de promoções, cujos descontos  chegaram desde 10%  ate a 50% em cinco grandes lojas no Shopping Aguirre (antiga Zona Franca) incluindo alguns comerciantes da conhecida feirinha boliviana em Puerto Quijarro, e no comércio de Corumbá. Com o feriado da padroeira do Brasil, e dia das crianças, comemorado em 12 de Outubro,  a Expopantanal na cidade boliviana realizou junto com a Cainco o primeiro Black Friday da Fronteira Brasil / Bolivia que movimentou U$ 500 mil ,  totalizando uma quantia de R$ 3 milhões , trazendo para esta região mais de cem mil pessoas, tanto turistas brasileiros como bolivianos. Corumbá fez uma grande promoção dia 13, quando os lojistas pediram o fechamento das ruas centrais e cobriram as ruas com produtos a preços baixos.Dados oficiais ainda estão sendo contabilizado pelos representantes da Cainco (Câmara da Industria e Comercio) da Bolivia, mas segundo Lisa Lewin, gerente do Shopping China a movimentação financeira foi surpreendente para o momento de crise que vive o pais.

 A economista acredita que os preços baixos e a qualidade dos produtos foram essenciais para a comemoração desses resultados, “foi muito positivo e com certeza vamos repetir em 2018 nesta mesma data, entretanto, ainda teremos outras ofertas e promoções de final de ano para nossos clientes” , disse Lisa ao Capital do Pantanal.

Lisa Lewin, gerente do Choppin China,  é responsável por toda divulgação das campanhas promocionais e invevste em divulgação.

No Shopping China os preços voltaram ao normal e devido a estabilidade do cambio ainda compensa comprar na loja, “ com o dólar cotado em R$ 3,20 vale a pena conferir nossos produtos”. Ela explicou que esse movimento de R$ 3 milhões foi em toda Fronteira, “ para o primeiro black Friday foi um sucesso e que vamos repetir para movimentar a economia na nossa região como aconteceu desta vez, em que ambos os lados conseguirão renovar os estoques com o saldo positivo das vendas. Comerciantes brasileiros e bolivianos lucraram e muito”.

Algumas lojas de produtos esportivos e outros importados ainda mantem preços da promoção ate encerrar o estoque. Segundo comerciantes o evento foi importante porque, além do recorde de vendas vão poder investir em produtos recém lançados no mercado para a próxima grande data comemorativa que é o natal.

Deixe seu comentário

Leia Também

Entrevista

Corumbaense faz sucesso na moda e no empreendedorismo

Protesto

Comunicado sobre o funcionamento do TRT/MS durante a greve dos caminhoneiros

Abigeato

PMA prende dois homens por furto de gado em fazenda

Reabastecimento

Exercito e PRF escoltam caminhões tanques para abastecer postos em Corumbá

Fogo

Por causa de um cigarro homem perde parte da casa em incêndio

Tentativa de homicídio

Casal é esfaqueado no interior de boate esta madrugada

Greve

Presidente da Câmara apoia movimento dos caminhoneiros