Matrículas - Sesi

Arquitetos e urbanistas escolhem nova gestão do CAU/MS nesta terça-feira (31)

Por Assessoria31 OUT 2017 - 10h04min

Nesta terça-feira (31) acontece a 3ª eleição do Conselho de Arquitetura e Urbanismo que vai definir quem serão os conselheiros federais e estaduais, que por sua vez escolherão os presidentes – do CAU/BR e do CAU/MS.

Em Mato Grosso do Sul, 1.595 profissionais estão aptos a votar. A votação será durante todo o dia 31 de outubro, exclusivamente pelo endereço www.votaarquitetoeurbanista.com.br, conforme o horário de Brasília. O voto é facultativo apenas para quem tem 70 anos ou mais.

Três chapas concorrem ao pleito no CAU/MS e cada uma contém 9 candidatos a conselheiro titular e 9 para suplente, além de uma vaga de conselheiro federal (titular e suplente) do CAU/BR. Os eleitos cumprirão mandato no triênio 2018-2020. No site do CAU/MS é possível conhecer as chapas e as propostas de cada uma.

A coordenadora da Comissão Eleitoral de Mato Grosso do Sul, arquiteta e urbanista Vera Lúcia Giraldelli Peri, considera o processo eleitoral uma oportunidade para fortalecer o CAU. “O Conselho tem o papel de regular e fiscalizar o exercício da profissão, além de defender os interesses e a segurança da sociedade com um planejamento urbano eficiente que assegure qualidade de vida, defenda o meio ambiente e o patrimônio cultural da nossa cidade e do país”.

Função do CAU/BR e dos CAU/UF

O CAU/BR e os Conselhos Estaduais são autarquias federais uniprofissionais dotadas de personalidade jurídica de direito público, que constituem serviço público federal e têm a função de orientar, disciplinar e fiscalizar o exercício da profissão de Arquitetura e Urbanismo.

O objetivo principal do CAU é regular o exercício da profissão de arquiteto e urbanista no Brasil, defender o interesse e a segurança da sociedade. Nessa estrutura federativa, o CAU/BR é a instância normativa e recursal. Ou seja, aprova as normas que regulam a profissão, como as atividades que só podem ser realizadas por arquitetos e urbanistas, o Código de Ética e as Tabelas de Honorários; e julga em grau de recurso os processos realizados pelos CAU/UF.

Os CAU/UF são as instâncias executivas do CAU, às quais cabem as ações de atendimento e orientação direta aos arquitetos, assim como as de fiscalização sobre a prática profissional da Arquitetura e Urbanismo.

Saiba mais sobre o processo eleitoral do CAU em www.caums.gov.br.

Deixe seu comentário

Leia Também

Estratégia

Fiscalização pode deixar passageiros da Siriema a pé

Transporte

Seriema não quebra monopólio e terá que atuar dentro da lei da fretagem

Alerta

Consumidor deve desconfiar de grandes descontos em Black Friday, diz Procon

Em pauta

Prefeito discute medidas para cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal

Evento

Interessados em participar das oficinas do VI Fegasa devem se inscrever até 28 de novembro

Internacional

América Latina joga 145 mil toneladas de lixo orgânico por dia em aterros

Política

Anthony Garotinho e Rosinha são presos no estado do Rio