Régis Governo

Pau na canalhada

Por Sylma Lima29 JAN 2018 - 09h32min

Antigo bordão do jornalismo policial nos programas de rádio nos anos 90 me vem a mente quando observamos a ação da Polícia Militar nos últimos dias em Corumbá, na operação de combate ao crime, antes, durante e depois do carnaval. O objetivo é garantir a segurança da população e evitar incidentes que estragam a festa mais famosa do Estado. Este ano as rondas aumentaram, e os policiais não estão dando  moleza para malandro, principalmente em bairros conhecidos por protagonizarem ações de combate ao trafico e palco de brigas de gangue. Neste final de semana o que mais se viu foi camburão cheio de vagabundo na ‘caçapa’.

Picada infernal

A chuva não dá trégua para os sul mato grossenses. Todo o estado  está sofrendo com a água que não para de cair. Alguns municípios já ameaçam perigo de enchente, mas em Corumbá a situação tem um agravante: Mosquitos. E não é somente ao amanhecer ou anoitecer, mas durante todo dia. Picadas infernais que inflamam nas crianças e adultos. É uma nuvem negra que ameaça a paz da população de todos os cantos de Corumbá. E nesta segunda continua caindo água. Provavelmente será um carnaval chuvoso. Que preparem os barracões as escolas de samba ,para abrigarem as alegorias, porque depois, não adianta vir com a desculpa que a chuva destruiu carros alegóricos. Afinal a chuva não tem dado trégua desde o inicio de dezembro.

Fazendeiros do asfalto

Parece brincadeira, mas não adianta alertar, punir, conscientizar sobre o perigo de animais soltos nas vias publicas, porque ninguém toma providencias. Varias pessoas sofreram acidentes graves com cavalos na 21 de Setembro, Edu Rocha, Dom Pedro I e II, e Ciríaco de Toledo. Os animais saem do mato e cruzam as vias não dando tempo para os condutores efetuar a frenagem. Evitar acidentes está cada dia mais difícil. O vereador Luciano Costa (PT) está fazendo uma campanha para que os proprietários recolham da área urbana estes animais caso contrario serão multados.

 

 

 

Deixe seu comentário

Leia Também

A justiça tarda mas, não falha?

Diário oficial

Concursados

Desaparecido

Diploma falso

Achismos da política

Muy amigos

Toque de debandar