Governo - Campanha HPV

Nos bastidores

Por Sylma Lima27 MAI 2018 - 10h07min

Esse final de semana foi movimentado em Corumbá. A cidade foi palco de visitantes ilustres como os deputados federais Vander Loubet e Zeca do PT. Aliados das administrações os petistas estão sempre trazendo emendas de bancadas que ajudam no crescimento da cidade. E de quebra, não perdem nossos eventos. E não somente em épocas de campanhas, mas estes estão sempre no Pantanal porque gostam do povo corumbaense  pois a identificação é forte, ambos são de Porto Murtinho, cidades parecidas com a nossa, seja nos costumes ou na cultura. Que sejam sempre bem vindos ainda mais quando se trata de ajudar o nosso o prefeito, que não tem medido esforços para atender a população.

Paternidade

Outro  querido dos sul mato-grossenses que esteve em Corumbá foi o gestor da Caixa dos Servidores Assistenciais de Mato Grosso do Sul , o medico cardiologista Ricardo Ayache. Ele veio vistoriar os andamentos das obras do hospital da Cassems de Corumbá que seria entregue esse mês, caso não decidisse por ampliar o numero de leitos. Se fosse inaugurado seria com 25 leitos apenas, mas decidiu melhorar e entregar 50 leitos , mais uma unidade semi intensiva e delimitar área de mais de 400 metros quadrados para futuras instalações do CTI. Ricardo adiantou que vai fazer uma reunião com a associação medica local  e Unimed para decidir em consenso o nome do diretor do novo hospital. E disse também que preferiu inaugurar a obra após a eleição para ninguém usar o hospital como palanque eleitoral. Até porque, ele mesmo não é candidato a nada, disse que seu objetivo é melhorar a saúde em MS.

Prestigiando o festival

Além dos secretários de governo que andaram pela cidade nos últimos dias, o emedebista André Puccinelli também aportou na Capita do Pantanal. O pré candidato ao governo do estado nas próximas eleições veio costurar alianças, aglutinar aliados e conferir a popularidade percorrendo não somente o festival como a ação global realizada no sábado, no bairro Nova Corumbá (parte alta cidade). Foi bem recepcionado pelo povo que fez questão de tirar aquela ‘fotinha’ com o italiano. Pelo jeito as eleições vêm desenhando o perfil dos candidatos, através da postura de  seus assessores. Já dizia o velho ditado, “ diga com quem anda e direi quem tu és” . Plagiando o grande poeta português Eça de Queiroz que dizia, “ pássaro da mesma plumagem voam juntos” .

Habilidade

Admirável habilidade dos marqueteiros das campanhas em MS. Principalmente aqueles que sabem que a política é a arte de ‘ciscar para dentro’. Estes mandam diariamente agenda de seus candidatos e convidam todos, indistintamente, a participar dos eventos onde estarão seus candidatos, afinal, assessoria de imprensa é para isso. Comunicar os veículos, porque , não temos poderes sobrenaturais. Depois reclamam que não fomos cobrir determinados eventos. E como? Se não fomos chamados ou sequer comunicados? Nossos contatos, watss, e-mail estão no roda pé do site. Simples assim. Uma notinha é suficiente. Sempre admirei a assessoria do ex-senador petista Delcídio Amaral, porque , em todo seu mandato, nunca houve um dia que não recebemos matérias sejam qualquer município de MS.

Isenção

Com relação às divulgações em período eleitoral a justiça é clara. O mesmo espaço para todos os candidatos.  Todos que nos convidarem estaremos entrevistando gratuitamente. Quanto a agenda dos candidatos , também estaremos divulgando todo material que recebermos através do e-mail [email protected] O Capital do Pantanal está no ar há 15 anos e sempre mantendo os princípios do bom jornalismo pautados na ética  e nos três pilares da informação de credibilidade: Concisão, precisão e imparcialidade.

Redes Sociais e eleições

Segundo a pesquisa TIC Domicílios, do Comitê Gestor da Internet, 58% dos brasileiros estão conectados à internet. De acordo com a Pesquisa Brasileira de Mídia , realizada pelo Ibope a pedido do governo federal, metade dos pesquisados afirmou se informar pela internet. O meio é o segundo mais popular para a busca de notícias, ficando atrás apenas da TV, mencionada por 89% dos entrevistados. A principal rede social usada pelos brasileiros, o Whatsapp, informou em maio deste ano ter cerca de 120 milhões de usuários no Brasil.

Legislação

No dia 17 de Outubro de 2017 o portal do Governo Federal  postou informações sobre a reforma eleitoral, aprovada no Congresso Nacional e sancionada  pelo presidente Michel Temer. A lei traz mudanças importantes nas campanhas realizadas nos meios de comunicação. Uma delas é a liberação parcial de propaganda paga na internet.

Conforme a reforma, é “vedada a veiculação de qualquer propaganda paga na internet, excetuado o impulsionamento de conteúdos”. Essa alternativa é permitida apenas quando o autor for identificado e se o serviço for contratado por partidos, coligações, candidatos e representantes. O uso deste recurso, contudo, não pode ser feito em dia de votação.

Ainda de acordo com o texto, é proibido usar ferramentas que não aquelas disponibilizadas pelo provedor “para alterar o teor ou a repercussão de propaganda eleitoral, tanto própria quanto de terceiros”.

 

 

 

 

 

 

Deixe seu comentário

Leia Também

Achismos da política

Muy amigos

Toque de debandar

Nos trâmites judiciais

Menor de 18 na balada

Onde está Deus?

Fim do pacto

Barrados na estrada