Menu
terça, 26 de março de 2019
Andorinha - Preços Promocionais para Campo Grande_teste de correção
Andorinha - Preços Promocionais para Campo Grande
COLUNA

Entrelinhas

Sylma Lima

Marinha emite nota sobre envolvimento de militar em crimes

12 março 2019 - 10h56

NOTA À IMPRENSA

Ladário-MS.

Em 11 de março de 2019.

O Comando do 6º  Distrito Naval esclarece que a Marinha do Brasil (MB) repudia, veementemente, todas as formas de discriminação e qualquer ato de violência, principalmente contra a mulher. Foi, inclusive, a primeira das três Forças a admitir mulheres militares em seus quadros e também a primeira a promovê-las ao posto de Oficial General das Forças Armadas Brasileiras. Nesse sentido, a MB promove, regularmente, palestras para seus militares visando reforçar a ideia do respeito às pessoas e repúdio aos atos de violência e outros atos ilícitos.

No tocante às declarações publicadas no Jornal Capital do Pantanal, em que cita o militar supostamente envolvido em violência doméstica, a Marinha informa que o processo e julgamento de militares com base na Lei “Maria da Penha” são de competência da Justiça Comum, não cabendo à Marinha emissão de juízo de valor. Em uma eventual condenação criminal, a ação refletirá na carreira do militar, ensejando, conforme regramento específico, a abertura de Conselho de Justificação ou Disciplina, que poderá culminar com o licenciamento ex officio, isto é, exclusão da Força. No caso noticiado pelo mencionado jornal, o Comando do 6º  Distrito Naval informa que não foi formalmente intimado do trânsito em julgado de sentença penal condenatória, documento hábil para ensejar eventual reflexo na carreira do militar.

 

 

 

Leia Também

Seu guarda eu não sou vagabundo
Marinha emite nota sobre envolvimento de militar em crimes
Ameaça não é brincadeira
A magia e encantamento do carnaval de Corumbá
Tendências do marketing digital em 2019