Andorinha

Homenagem

Por Sylma Lima13 FEV 2017 - 11h42min

Na noite deste domingo,12 de fevereiro a Estação Primeira do Pantanal lançou o samba enredo, que este ano, homenageia o promoter corumbaense  João Batista, mais conhecido por JB. O evento aconteceu no bairro Maria Leite e teve várias atrações, além de apresentações de fantasias que irão compor as alas da escolas. Todas contam um pouco da trajetória de JB e suas performances seja na arte de rua, teatro ou dança. Parabéns Walber Pierre pela iniciativa.

Arrastão

Gangueiros colocaram o terror nas redes sociais ameaçando matar até policiais em Corumbá. Semana passada , rodou um vídeo pelo watts App em que dois deles, que teriam exibido fotos com armas e fazendo ameaças pelo Face Book, pediam desculpas aos policiais. Em meio a tantas ameaças e homicídios provocados por gangues a polícia intensificou as ações e diariamente tem arrastões por todos os bairros e centro da cidade. A ação vai permanecer até o final do carnaval para garantir a segurança do folião. O lema é carnaval em paz. Bela iniciativa.

Barrada no baile

Em meio a um concurso de marchinha ocorrido na tarde deste domingo, 12, no porto geral, surgiu uma mulher nua em ‘pelo’ dançando em frente a uma bateria de escola de samba. Ela acabou sendo retirada do local pelo secretário de cultura do município. Ocorre que a mulher tem problemas mentais e pessoas maldosas filmaram o episódio e estão postando em redes sociais. Vamos ter mais respeito com as pessoas doentes, e essa mulher tem família. Menos gente.....

Musa gay

Mais uma vez o evento organizado por Marcio Kalango e Leandro Novaes lotou a chácara da mil em Corumbá. Pessoas bonitas e elegantes na mesa julgadora, apresentações brilhantes e performances arrasadoras fizeram a alegria dos que compareceram. Foi eleita a nova musa gay Thayla Andreazzi com 442 pontos, e a musa trans Branca Sophia com 350 pontos. Parabéns aos organizadores deste evento que já faz parte do calendário cultural da cidade, no período do carnaval.

Na butuca

Tem gente que acha que ficar espionando a atitude dos outros para contar pro ‘chefe’ é serviço. No morro, são apelidados de ‘ olheiros’. Parece que ultimamente os eventos realizados em praça pública estão cheio de olheiros. Eles temem o que? O que está acontecendo? Cuidado, você, que faz o serviço ‘sujo’, ou o conhecido ‘leva e trás’, pois existe um artigo na nossa carta magna que nos garante o direito, sagrado, de ir e vir e a liberdade de expressão. Coronelismo não existe mais. Vai procurar o caminhão de mudança que você caiu que fica mais bonito para você, já que não tem caráter nenhum. Afinal, quem é você na ordem do dia? Qual seu cargo, pois não vejo nomeação em diário oficial. Sabe porquê? O que faz com um, faz com o outro e chefe é chefe né pai?

Equipe

Equipe do Capital do Pantanal para cobertura do carnaval 2017: Sylma Lima, Sandro Assef, Thethis Ibanez , Gesiane Medeiros e o fotógrafo Marcos Boavventura.

Deixe seu comentário

Leia Também

Venha para a feira!

Mais uma improbidade:

Investindo II

Investimentos

Jiló

O que mudou?

De olho Aberto