Andorinha - Compra antecipada

Fim do pacto

Por Sylma Lima12 JUL 2018 - 11h42min

A intenção do ex prefeito (in memorian) Ruiter Cunha era que Corumbá conseguisse eleger um deputado estadual e até mesmo um federal. Para isso Ruiter se reuniu com os vereadores e sacramentaram o pacto em torno do nome do candidato que tivesse chance de ganhar o pleito, e assim não haveria divisão de votos.

Sem noção

Ocorre que depois do passamento do Ruiter o pacto virou fumaça. Além de Paulo Duarte MDB,  ex prefeito , mais quatro vereadores também decidiram lançar a candidatura. Uns , que foram eleitos graças a legenda, e outros que ganharam raspando, não tem um  mínimo de respeito por Corumbá, pois com a divisão de votos, acaba que não elegemos ninguém para deputado estadual. Tadeu Vieira do PDT é candidato, Evander Vendramini PP é candidato, Chicão Viana SD, Beatriz Cavassa (viúva de Ruiter)  e Machado ex suplente, atualmente vereador no lugar de Luciano Costa se lança a Federal. Temos também outro ex prefeito concorrendo a câmara federal que é o pediatra Eder Brambilla

Ponta de lança

O pior é quem tem gente que sabe que não vai ganhar, mas lança o nome só para prejudicar o colega que tem mais chance. Eita ... Não sei se é olho grande, egoísmo , ou vaidade.. Vamos pensar mais no coletivo...

Consciência

É hora da população pensar muito  bem antes de votar, pois corremos o risco, novamente de eleger ninguém. Eu não consigo compreender essa falta de noção do eleitorado local, porque até Miranda elege (Paulo Correia PR) e Aquidauana (Felipe Orro PSDB ) menos Corumbá.  Esta  mais que na hora de acabar com as vaidades pessoais  e pensar que quem perde é Corumbá. São milhões em emendas parlamentares que chegam a outros municípios regularmente, menos para nós, que continuamos a mendigar com pires na mão.

Já teve

Eu me recordo que Corumbá já elegeu Elíseo Curvo para deputado federal, e até o ex suplente do petista Bem Hur Ferreira,  o sindicalista Manoel Vitorio já ocupou uma cadeira na câmara federal. Somando os votos válidos de Corumbá e Ladário são 80 mil eleitores. Podemos sim eleger dois deputados estaduais e um federal. Mas, precisamos nos conscientizar que da politica depende o nosso salário, o preço do combustível e do feijão. Ficar dizendo que não gosta de política e  vai votar em branco não favorece ninguém, muito pelo contrário, prejudica Corumbá e Ladário. E fama do ‘já teve’ prevalece, pois já tivemos ferrovia, moinho, torrefação de café, transporte fluvial entre outras conquistas perdidas ao longo do tempo.

O Analfabeto Político

O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.

O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais.(Bertolt Brecht)

Deixe seu comentário

Leia Também

A justiça tarda mas, não falha?

Diário oficial

Concursados

Desaparecido

Diploma falso

Achismos da política

Muy amigos

Toque de debandar