Andorinha

Espírito de porco

Por Sylma Lima02 ABR 2017 - 19h36min

Tem gente que se forma em Direito, mas, não tem competência sequer para passar no exame da OAB, e acha que é jornalista.

Mas, além de não saber escrever, não tem aquilo que todo bom jornalista deve ter: Respeito e credibilidade.

Como não consegue emprego em nenhuma empresa séria, acaba buscando refugio num site de servidora da Prefeitura de Corumbá, paga com o imposto suado dos corumbaenses.

Até quando a Justiça vai fechar os olhos para isso?

Deixe seu comentário

Leia Também

Quem não soma diminui

Cacete não é santo, mas, opera milagres

O tiro saiu pela culatra

Na política de cada dia...

Me engana que eu gosto...

Na mira da justiça

Adeus ao ‘homem de Miranda’