Bomba de hoje, aumento do gás.

Por Artigos05 DEZ 2017 - 09h51min

Novo aumento do gás é de explodir o coração. Até onde o governo pretende testar a população. O gás de cozinha aumenta de novo nesta terça-feira em quase 9 por cento em nível de refinarias, as quais, obviamente, vão repassar esse custo para o consumidor. No ano, o preço médio do gás de cozinha no país já acumula alta de 17,7%.

Importante lembrar que o gás de cozinha sempre foi subsidiado pelos governos, por se tratar de produto de primeira necessidade em todos os lares, principalmente os mais pobres. Mas, atualmente, desde que a Petrobrás decidiu tirar o pé do lodo, a custa do consumidor que não deu causa as suas más gestões e desvios, o valor médio do botijão de 13 quilos saltou de R$ 55,74 na primeira semana de janeiro para R$ 65,64 na semana encerrada sábado passado, 2 de dezembro. As últimas revisões foram: 4/07: -4,5%; 4/08: +6,9%; 5/09: +2,2%; 25/09: +6,9%; 10/10: +12,9%; 3/11: +4,5%; e 04/12: +8,9%...

Em nota, o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo informa que este último reajuste fará o varejo oscilar entre 7,3 e 9,9%, de acordo com o pólo de suprimento. O preço que era subsidiado agora encontra quase paridade com o praticado no mercado internacional. Abaixo apenas 1,3%.

É gás, é gasolina, é diesel. Só não aumenta a chance de sobreviver com dignidade...

Falei e disse!

 

Por: José Carlos Cataldi

Deixe seu comentário

Leia Também

Uma posição contra o fumo

Bomba de hoje, aumento do gás.

Miséria moral

Proclamação da República

Mesmo preso Puccinelli continua forte

Desafio ao MP ou teoria da inutilidade do vice

Perdão, Rio Paraguai